Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742
Violência Contra a Mulher

Caminhada mobiliza população pelo fim do feminicídio em Mato Grosso do Sul

02 junho 2019 - 08h00Por Portal Governo do Estado MS

A 1ª Caminhada pelo fim do Feminicídio reuniu centenas de pessoas na manhã deste sábado (01/06). A ação deu início as atividades da “Semana Estadual de Combate ao Feminicídio”, coordenada pelo Governo de Mato Grosso do Sul.
O Mato Grosso do Sul tem como madrinha da Campanha Estadual de Combate ao Feminicídio, a atriz e modelo Luiza Brunet participou da caminhada. “É muito importante dar início a campanha no Estado onde nasci. A violência doméstica é um problema social grave. Minha forma de contribuir para mudar essa realidade é botando a mão na massa e lutando pelas mulheres. Por isso, é simbólica a realização dessa caminhada”, disse Brunet.

A subsecretária de Cidadania do Governo do Estado, Luciana Azambuja, destacou que o objetivo da campanha é a conscientização e mobilização. “Precisamos alertar a sociedade sobre a violência contra a mulher e contra o feminicídio. É um problema da sociedade. É necessário mostrar que não é normal. A conscientização é a melhor forma de combate ao feminicídio”, completou.

A Lei estadual nº 5.202, de 30 de maio de 2018, de iniciativa do Governo do Estado, instituiu o dia 1º de junho como o “Dia Estadual de Combate ao Feminicídio”, com objetivo de sensibilizar e conscientizar toda a sociedade de que a violência sofrida pelas mulheres muitas das vezes leva à morte violenta, divulgar os serviços e os mecanismos legais de proteção à mulher em situação de violência e as formas de denúncia. Com a normatização da lei também foi instituída a Semana Estadual de Combate ao Feminícido. Com essas políticas públicas, o desafio do Governo do Estado é sensibilizar toda a sociedade civil no combate à violência contra a mulher.

Luciana Azambuja destacou que o objetivo da campanha é a conscientização e mobilização da sociedade

A Campanha Estadual de Combate ao Feminicídio prossegue com atividades nos 79 municípios: caminhadas, panfletagens, blitzes educativas, palestras e rodas de conversa. O trabalho é focado em três frentes: orientação de mulheres sobre serviços existentes e locais de ajuda; informação sobre atitudes agressivas e como elas violam os direitos das mulheres; e  discussão sobre a necessidade de enfrentamento à violência contra mulheres.

A 1ª Caminhada pelo fim do Feminicídio foi realizada pelo Governo do Estado, com organização da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (SEGOV), da Secretaria Especial de Cidadania – Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres e da Fundesporte. Tem o apoio da Sanesul e MSGÁS. Conta com as parcerias: Assembleia Legislativa de MS; Tribunal de Justiça de MS; Ministério Público de MS; Defensoria Pública de MS; Prefeitura Municipal de Campo Grande – Subsecretaria Municipal de Políticas para Mulheres; OAB/MS; UAB/MS; IBDFAM/MS; AMDEF/MS; ISMAC/MS; CMNegras/MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro leva projeto de privatização dos Correios; houve tumulto e porta estilhaçada na Câmara
Casal é morto em casa e na frente da filha de cinco anos
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Com estoque zerado, Hemosul convoca doadores de O negativo
Com quase 10% colhida e ajuste para menor na área, safra da soja deve ultrapassar 11,2 milhões de toneladas
Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil