Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Ministério investirá R$ 200 milhões para impulsionar turismo no país

28 maio 2019 - 17h15Por Agência Brasil

Com investimento inicial previsto de R$ 200 milhões e a meta de impulsionar o turismo e gerar empregos em rotas estratégicas, o Ministério do Turismo lança hoje (28) o programa Investe Turismo. As ações chegam primeiro a 158 municípios das cinco regiões do país. A ideia é trazer competitividade a 30 rotas turísticas estratégicas.

O programa vai buscar parceria entre as iniciativas pública e privada para ampliar a qualidade e competitividade do setor de turismo. A iniciativa é uma parceria entre ministério, Sebrae e Embratur.

O programa Investe Turismo vai buscar parceria entre as iniciativas pública e privada para ampliar a qualidade e competitividade do setor de turismo

O programa Investe Turismo vai buscar parceria entre as iniciativas pública e privada para ampliar a qualidade e competitividade do setor de turismo - Arte EBC

Os 158 municípios que integram o primeiro grupo do programa serão alvo de um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing e qualificação voltados para o setor de turismo.

As ações nas rotas selecionadas devem ser organizadas em quatro linhas, que são o fortalecimento da governança, por meio de agenda estratégica entre o setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização; e a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

O Investe Turismo quer levar os gestores públicos a dialogarem com lideranças empresariais para construir uma agenda integrada. Entre as medidas práticas propostas estão parcerias para melhorar e ampliar a cobertura de internet em destinos estratégicos, a elaboração de cartilha para investidores com o passo a passo para implantar empreendimentos turísticos, além de seminários em cada uma das rotas turísticas estratégicas.

A cerimônia de lançamento do programa está marcada para as 15h de hoje, em Brasília.

Rotas estratégicas

Na região Norte, vão participar do programa 18 municípios com sete rotas estratégicas, entre elas Manaus e Polo Amazônico (AM), Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão (PA), Palmas e Jalapão (TO), Boa Vista e Monte Roraima (RR) e Macapá (AP).

No Nordeste, serão 56 municípios e 10 rotas, incluindo Maceió e Costa dos Corais (AL), Aracaju e Cânions do São Francisco (SE), Teresina e Serra da Capivara (PI) e Fernando de Noronha (PE).

No Sul, 35 municípios terão quatro rotas que são Porto Alegre e Serra Gaúcha (RS), Porto Alegre e Missões (RS), Corredor do Iguaçu (PR), e Serra-Mar Catarinense (SC).

No Sudeste, são mais de 30 municípios com cinco rotas: Vitória e Montanhas Capixabas (ES), Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas (MG), Rio de Janeiro Imperial (RJ), Costa do Sol - Região dos Lagos (RJ), São Paulo e Litoral Norte (SP).

No Centro-Oeste, 18 municípios e quatro rotas turísticas: Brasília e Chapada dos Veadeiros (DF e GO), Goiânia, Pirenópolis e Goiás (GO), Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães (MT), Rota Pantanal Sul e Bonito (MS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casal é morto em casa e na frente da filha de cinco anos
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Com estoque zerado, Hemosul convoca doadores de O negativo
Com quase 10% colhida e ajuste para menor na área, safra da soja deve ultrapassar 11,2 milhões de toneladas
Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa