Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742
matricula 2

PMA fecha carvoaria, autua fazendeiro em R$ 48,3 mil e apreende 136 m³ de lenha e 25 m³ de carvão ilegais

09 janeiro 2017 - 14h18

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu realizavam fiscalização ambiental no município de Anaurilândia e localizaram neste sábado (7) à tarde, em uma fazenda a 16 km da cidade, uma carvoaria que funcionava de forma ilegal. Nas proximidades de 10 fornos que havia na carvoaria foram encontrados 100 m³ de lenha  nativa sem origem para ser processada e mais 36 m³ carregados em dois caminhões. Foram encontrados também 25 m³ de carvão ensacados, também sem origem.

O proprietário apresentou licença ambiental da carvoaria, porém, não possuía a licença da madeira e do carvão que estavam no local, caracterizando funcionamento em desacordo com a licença obtida.

A carvoaria foi interditada e foram apreendidos os 136 m³ de madeira e os 25 m³ de carvão nativos sem origem. O proprietário da carvoaria, que também é proprietário da fazenda, residente em Anaurilândia, foi autuado administrativamente e multado em R$ 48.300,00, por funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental e pela madeira e carvão ilegais. O infrator também responderá por crime e poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. (Assessoria de Comunicação PMA)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Período de inscrições para cursos do Pronatec segue aberto até 31 de janeiro
Com mineradoras, prefeito discute segurança do tráfego na rodovia BR-262
Terça-feira de tempo claro, calor e pancadas de chuva à tarde
Corumbá recebe novo lote com 970 doses da vacina contra Covid-19
Onça solta no Pantanal já se alimentou e até atravessou o Rio Paraguai a nado
Agepan realiza Consulta Pública sobre Tarifa de Pedágio na MS-306
Terceiro lote de vacina contra a Covid-19 chega a MS
Rede Hemosul permite que moradores do interior também ajudem a salvar vi
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Presidente da Assembleia assina pedido para assumir Governo até dia 30