Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Governo de MS debate sistema penitenciário e adere ao Plano Nacional de Segurança Pública

17 janeiro 2017 - 12h24

A governadora em exercício, Rose Modesto, e o secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado, José Carlos Barbosa, vão a Brasília (DF) debater medidas para enfrentar a crise do sistema penitenciário nos estados e selar a adesão de Mato Grosso do Sul ao Plano Nacional de Segurança Pública.

Nesta terça-feira (17) serão discutidas as medidas para contornar os problemas gerados pela superpopulação carcerária nos estados com o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, que convocou reunião com todos os secretários estaduais de Segurança Pública. No encontro, o ministro vai apresentar “medidas de efeitos imediatos” implantadas pelo Ministério da Justiça desde o dia 1º de janeiro e mostrar a estruturação do Núcleo Nacional de Inteligência.

José Carlos Barbosa e os demais secretários de segurança pública divulgarão a execução dos recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), anunciados em 29 de dezembro de 2016, e apresentarão sugestões para aprimoramento do sistema penitenciário.

Com a reunião, a expectativa é que o Governo Federal “veja a necessidade de ter uma presença mais efetiva no apoio aos estados, principalmente em estados com característica de fronteira, como Mato Grosso do Sul”, afirmou Barbosa. Ele ainda disse que espera bons frutos do encontro com o ministro, “para apoio do enfrentamento a criminalidade”.

Na quarta-feira (18), Rose assina a adesão de Mato Grosso do Sul ao Plano Nacional de Segurança Pública, em evento no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer. O pacto para integração, cooperação e colaboração de políticas de segurança pública será executado visando três eixos: redução de homicídios dolosos, feminicídios e violência contra a mulher; racionalização e modernização do sistema penitenciário e  o combate integrado à criminalidade organizada transnacional. (Notícias MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Professor acusado de abusar de afilhada e irmã é preso em Aquidauana
Com presença de Pazuello, avião com 2 milhões de doses de vacina pousa em Guarulhos
Sobrevivente de chacina em 2017 é executado a tiros em Pedro Juan
Projeto de MS cria 'licença 1ª infância' para mães cuidarem dos filhos até 3 anos
Tempo quente e possibilidade de chuva marcam o sabadão em MS
Mulher descobre vídeo íntimo da filha no celular do marido e atira nele
Motoentregador morre após bater em caminhão
‘Fica calmo, cadê a chave do carro?’, diz bandido ao roubar veículo em Campo Grande
Mulher perde mais de R$ 3 mil em golpe do whatsapp clonado
Japão nega que Olimpíada deste ano será cancelada