Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99820-0742

Ainda sem nomeação, alunos da Agepen fazem protesto na Câmara

11 junho 2019 - 18h00Por Correio do Estado

Grupo de alunos aprovados no concurso e formados no curso de formação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) foram até a Câmara Municipal de Campo Grande durante sessão ordinária desta terça-feira (11) para protestar porque ainda não foram convocados para assumir os cargos. Ao todo são 500 alunos que esperam a convocação do Governo do Estado.

De acordo com o aluno representante do grupo, Diego Aranda, todos os aprovados precisaram sair de seus empregos para se dedicarem ao curso de formação com a esperança que seriam convocados após o término do curso. “O curso de formação exigia dedicação exclusiva, ou seja, sair do emprego para se dedicar apenas ao curso. Ele durou 90 dias e a promessa era que após terminar o curso, nós seríamos nomeados para trabalhar no sistema. Até então o governo não tem uma data oficial para nossas nomeações, o secretário de segurança fala que metade do nosso grupo será nomeado para trabalhar no novo presídio que foi entregue, mas ele também não desenrola a situação”, disse.

Ainda de acordo com Aranda, o grupo já realizou outros atos em busca de sensibilizar o governo e decidiram recorrer a Câmara Municipal para tentar receber apoio dos vereadores. “Nós estamos aqui na Câmara Municipal para pedir também o apoio dos vereadores e sensibilizar a população para a nossa causa”, finalizou.

Correio do Estado entrou em contato com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a  Agepen sobre o caso, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno.

PARALISAÇÃO

No mês passado, grande quantidade de alunos da Agepen se uniram a servidores de segurança do Estado durante paralisação no Parque dos Poderes. Policiais militares, civis, agentes penitenciários e militares do Corpo de Bombeiros participaram do ato que finalizou em frente a Governadoria. A reivindicação era sobre o reajuste do salário da categoria e a valorização dos direitos do profissional.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bebê morre duas semanas após testar positivo para a Covid-19
Rosa Weber determina que governo federal reative leitos de UTI para Covid-19 em três estados
Segunda-feira será quente, com pancadas de chuva
Ciúmes é motivo de briga entre vizinhas que acaba com uma ferida na Vila Aimoré
Operação acaba com rave no meio da pandemia em Campo Grande
Rapaz agride jardineiro com cutelo
Drogado surta, quebra móveis e ameaça bater na mulher
Motorista é perseguido por 7 motociclistas no centro de Campo Grande
Salário de servidores estaduais estará disponível para saque nesta terça-feira
Pai é preso suspeito de engravidar filha de 14 anos em Dourados