Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Índice de infestação do Aedes é de 0,70% na cidade, aponta levantamento

14 julho 2016 - 13h30

O índice de infestação do mosquito Aedes aegypti na área urbana de Corumbá é de 0,70%, abaixo do aceitável pelo Ministério da Saúde e também pela Organização Mundial de Saúde, que é de até 1%. É o que apontou levantamento realizado pelas equipes do Centro de Controle de Vetores (CCV) da Secretaria de Saúde da Prefeitura, no período de 04 a 08 de julho.

 

Este foi o terceiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) realizado no ano. No primeiro, em janeiro, o índice de infestação do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, chikungunya e zika vírus, foi de 4,99%. O segundo levantamento foi em abril e a incidência atingiu 3,30% na cidade.

 

Dessa vez, o índice está abaixo do tolerável, mas três bairros estão merecendo atenção especial por parte das equipes da Secretaria de Saúde: Popular Velha, que registou incidência de 4,60%; Guató, com 2,35%, e Maria Leite, com 1,83%. Todos estão acima do tolerável e os focos foram encontrados em depósitos de armazenamento de água baixo (nível de solo), a exemplo do que ocorreu na Nova Corumbá (0,88%) e Cristo Redentor (0,69%).

 

O levantamento apontou foco também no Centro I (da Rua Antônio Maria Coelho à Edu Rocha), 0,44%. Na região, as larvas foram localizadas em depósitos fixos (calha, laje, etc).

 

Nesse terceiro LIRAa do ano não foram encontrados focos nos bairros Previsul, Popular Nova, Centro América, Aeroporto, Jardim dos Estados, Universitário, Arthur Marinho, Cervejaria, Dom Bosco, Generoso, Beira Rio, Industrial, Nossa Senhora de Fátima, Guarani e Centro II (da Antônio Maria Coelho até a Albuquerque).

 

Fonte: PMC

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAF vai financiar projeto de viabilidade da relicitação da ferrovia Malha Oeste
Detran-MS disponibiliza em sua sede na Capital wi-fi gratuito aos clientes
Com 1.101 vagas, inscrição para vestibular UEMS 2021 vai até 24 de janeiro
Regime previdenciário foi tema de ação da PGE
Segunda etapa de pré-matrícula da REE se encerra nesta sexta
Há 21 anos, Michele amputou perna após acidente e precisou ressignificar sentido da vida
Bêbado recusa teste e ameaça policiais de morte em operação Lei Seca
Dupla que invadiu hotel, agrediu idoso e roubou R$ 10 mil é presa
Pega ladrão: bandido é espancado após roubar celular no Los Angeles
Mulher pega "empréstimo" e denuncia ameaças de agiota em Campo Grande