Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Estado já tem 42 casos de sarampo em investigação, três deles em bebês

11 outubro 2019 - 08h15Por Campo Grande News

Mato Grosso do Sul tem 42 casos de sarampo em investigação, segundo o dado mais recente da Vigilância Epidemiológica. Desses, dois são em Campo Grande, em dois bebês de um ano de idade, um deles não vacinado contra a doença.

 

Segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde, são dois meninos, um deles com sintomas apresentados no dia primeiro e o outro no dia dois. As queixas são parecidas: febre, coriza e manchinhas vermelhas. De diferente, uma das crianças teve conjuntivite e a outra apresentou linfonodos inchados, as populares ínguas.

As notificações ocorreram no dia 7 de outubro. Também foi registrada a suspeita da doença em um bebê de nove meses de Chapadão do Sul, município a 321 quilômetros de Campo Grande, cujos sintomas começaram no dia 2 de outubro. Segundo informado, ela recebeu a última dose contra a enfermidade em setembro.

Neste ano, conforme as informações da Secretaria de Saúde, Mato Grosso do Sul registra 75 notificações da doença, 31 delas descartadas, 42 em investigação e duas confirmadas, envolvendo um bebê em Campo Grande e um morador de Três Lagoas. Ambos contraíram o vírus em São Paulo, segundo informado.

O número de casos, em relação ao ano passado, quando foram 54 notificações, sem casos confirmados, já é 37% maior. Entre os casos considerados sob apuração, há registros já descartados, mas que só saem do mapa da doença após o último exame, na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro.

Na segunda-feira, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), lançou em Campo Grande a campanha de vacinação contra a doença. A imunização será feita em duas etapas, a primeira iniciada no dia 7 e que vai até 25 de outubro e, posteriormente, de 18 a 30 de novembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

"A luz da ciência chegando via Butantan e Fiocruz!", diz Mandetta nas redes sociais
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Enfermeira que tomou 1ª dose de vacina no Brasil pede para população não ter medo
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata
Após aprovação pela Anvisa, Corumbá aguarda a chegada das doses da vacina contra a Covid-19
Coronavac chega às 10h em Campo Grande com reforço: são 158.766 doses
Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Corumbá