Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Confirmada primeira morte por gripe H1N1 em Dourados

01 junho 2016 - 15h36

Homem de 59 anos, que morava no Bairro Jardim Água Boa, em Dourados, teve a morte confirmada em decorrência de H1N1. Este, conforme o gerente do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do município, Devanildo de Souza, é o primeiro caso confirmado na cidade.

Devanildo explicou que o paciente deu entrada no dia 18 no Hospital de Vida com sintomas da gripe Influenza. Ele permaneceu internado alguns dias na unidade de saúde, foi transferido para o Hospital Evangélico, onde morreu no dia 27. Resultado do exame com a confirmação para a doença foi divulgado ontem.

Ainda de acordo com o gerente do Núcleo de Vigilência Epidemiológica, outro caso está sob investigação. Trata-se de uma mulher, de 37 anos, que morreu no dia 19 de maio. Ela deu entrada no Hospital da Vida no dia 18 e morreu no dia seguinte.

Material foi coletado e encaminhado para Campo Grande, onde será submetido a análise para confirmação ou descarte da doença.

Desde o começo do ano, Dourados registrou 35 notificações de pacientes internados. Destes, 14 casos tiveram resultados positivos, 5 negativos e 17 ainda aguardam análises dos exames.

Hoje à tarde, Secretaria de Estado de Saúde divulga boletim epidemiológico com números de casos suspeitos e confirmados em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com estoque crítico, Hemosul convoca doadores de O- e outros tipos sanguíneos
Edição extra do Diário Oficial traz editais do processo seletivo para contratação de médico plantonista
Governador disse que há comoção mundial com Amazônia, mas só Venezuela propôs ajuda
Vídeo: militar do Choque salva bebê de dez dias engasgado
Mulher compra R$ 800 em roupas pela internet e recebe triangulo de sinalização em Dourados
Depois de bater o carro, homem rouba ambulância e na fuga atinge carro e poste em SP
Mulher compra R$ 800 em roupas pela internet e recebe triangulo de sinalização em Dourados
Pesquisa ANP diz: diesel e gasolina subiram pela 7ª semana consecutiva
Mulher pega "empréstimo" e denuncia ameaças de agiota em Campo Grande
Morador de Manaus vende carro para comprar oxigênio para quatro familiares