Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Campanha de Multivacinação começa na próxima segunda em Ladário

15 setembro 2016 - 16h23

Na próxima segunda-feira, 19 de setembro a Secretaria de Saúde dará inicio em Ladário a campanha Nacional de “multivacinação”. Tendo o dia 24 como dia de divulgação e mobilização nacional seguindo o calendário vacinal até o dia 30 de setembro.

Neste ano, além das crianças menores de cinco anos, também serão alvo desta estratégia as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).

De acordo com a enfermeira e coordenadora da campanha no município, Ingrith Raphaelle, “Esse grupo tem uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os seus filhos nesta faixa etária. No entanto, com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação nos últimos anos, muitas vacinas necessitam ter doses de reforço nesta faixa etária ou passaram a ser incluídas no Calendário, como é o caso da vacina HPV para as menina”.

As vacinas disponíveis durante a campanha que é nacional serão a Hepatite A; VIP(poliomelite inativada) ; Vacina Oral Poliomielite Bivalente (VOP); Rotavírus; Meningocócia C; HPV; Pneumo 10; Febre Amarela; Pentavalente; Tetraviral; Dupla adulto; DTP; Tetra viral ou tríplice viral + varicela (atenuada).

Do dia 19 ao dia 23  e 25 a 30, as vacinas serão aplicadas na Unidade Mista, localizada no Centro na Rua Cunha Couto e na Estratégia de Saúde da Família João Fernandes, situada na Rua Riachuelo, Bairro Alta Floresta. O horário de atendimento será das 07h30 às 10h30.

Em Ladário, no dia 24 de setembro, o ‘Dia D’, as doses estarão disponíveis nas Estratégias de Saúde da Família ESF João Fernandes, ESF Almirante Tamandaré, ESF Erico Valle e Unidade Mista de Saúde. Todos no horário de 8h às 17 horas. Para vacinar é necessário que os responsáveis levem a caderneta de vacinação e os documentos pessoais do adulto e do menor.

Ainda conforme informações da coordenadora da campanha no município, a atualização da carteira de vacinação é essencial para a saúde, “a conscientização dos pais em levar seus filhos para vacinar é muito importante, pois é através do gesto deles que podemos nos prevenir de diversas doenças e a vacina ainda é a melhor forma de prevenção”, afirmou.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa PML 

Deixe seu Comentário

Leia Também

"A luz da ciência chegando via Butantan e Fiocruz!", diz Mandetta nas redes sociais
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Enfermeira que tomou 1ª dose de vacina no Brasil pede para população não ter medo
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata
Após aprovação pela Anvisa, Corumbá aguarda a chegada das doses da vacina contra a Covid-19
Coronavac chega às 10h em Campo Grande com reforço: são 158.766 doses
Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Corumbá