Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742
maticula

Reinaldo Azambuja lança programa para levar saneamento básico a todo o Estado

23 junho 2016 - 15h10

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul inicia nesta quinta-feira (23) os procedimentos para universalizar o sistema de coleta e tratamento de esgoto em todo o Estado. A iniciativa de levar saneamento básico para a população de 68 municípios do interior atendidos pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul será lançada às 14h30, pelo governador Reinaldo Azambuja, em evento na Sanesul.

A proposta de estender a infraestrutura de esgotamento sanitário para todos os municípios nos próximos 10 anos vai destacar o Estado em âmbito nacional e será efetuada por meio do sistema de Parceria Público-Privadas (PPP). O edital para o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) foi publicado hoje (23) na página 17 do Diário Oficial, abrindo para o recebimento de estudos técnicos para a concretização do projeto.

Com a publicação do PMI, o Estado quer atrair parceiros abrindo caminhos para as parcerias com a iniciativa privada. O lançamento do programa de universalização do saneamento básico será feito pelo governador Reinaldo Azambuja, nesta quinta-feira (23), às 14h30, na Sanesul, Rua Dr. Zerbini, 421, no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Usuários da MS-306 contam com atendimentos gratuitos, de socorro mecânico a combate a incêndios
Renave é garantia de segurança e credibilidade nas transações comerciais, diz diretor
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Antes de morrer, Silas avisou esposa que fez última entrega e retornava para casa
Motorista dorme no volante, bate em carro estacionado na MS-134 e dois ficam feridos
Com previsão de chegada no domingo, MS vai receber 22 mil doses da vacina da Índia
Fusca tunado com material reciclável é fonte de renda para família em Campo Grande
Acusado de 'tirar a infância' da afilhada com abusos, professor vai para presídio de Aquidauana
Mesmo com vacina, Brasil registra 1.202 mortes por covid em 24 horas
Professor acusado de abusar de afilhada e irmã é preso em Aquidauana