Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

PMA autua pecuarista em R$ 16,5 mil por plantar cana destruindo 3,3 hectares de matas ciliares de córrego e por erosões

16 fevereiro 2017 - 12h54

Durante fiscalização nas propriedades rurais do município, Policiais Militares Ambientais de Naviraí autuaram nesta quarta-feira (15), um proprietário rural por degradações ambientais. Na fazenda, o pecuarista realizou o plantio de cana-de-açúcar até 10 metros margeando um córrego, quando deveriam ser conservados 30 metros de área protegida. Foram encontrados também pontos de erosões, que causavam assoreamento do córrego.

As atividades foram paralisadas. O proprietário rural, de 75 anos, residente em Naviraí, foi autuado por danificar área considerada de preservação permanente (mata ciliar) e por erosões e foi multado em R$ 16.500,00. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

O pecuarista também foi notificado a confeccionar um Plano de Recuperação da Área Degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental.

(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero
Humorista Rodela morre de covid-19 aos 66 anos em SP
Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 11 milhões
Comerciante é baleada após dupla de moto tentar matar desafeto no Buriti
No combate à sonegação fiscal, Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios
Sejusp investe mais de R$ 184 mil na compra de etilômetros para municípios do interior
Detran-MS alerta para retomada de prazos que estavam suspensos por conta da pandemia
Instabilidades ganham força e pode chover forte em Mato Grosso do Sul
Começa Flip2020, pela primeira vez em formato virtual
Em janeiro, UFMS voltará a ter aulas presenciais