Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Empresa de construção de asfalto é autuada por manter armazenamento ilegal de produtos perigosos

28 julho 2016 - 15h26

Policiais Militares Ambientais de Corumbá estiveram em uma empresa, nesta quarta-feira, 27 de julho, localizada no perímetro urbano da cidade e flagraram armazenamento ilegal de produtos perigosos, de forma inadequada e com riscos de contaminação ambiental.

De acordo com a PMA, no pátio da empresa de transportes e de construção de asfalto, os policiais encontraram, 3.144 tambores de 200 litros, contendo o produto Betuflex (lama asfáltica), produto perigoso, para o qual não havia licença ambiental de armazenamento.

O local também não atendia as especificações da legislação, no tocante às sinalizações de riscos, coletores de possíveis vazamentos, que poderiam causar contaminação do solo. Foram apreendidos todos os galões do produto.

A empresa infratora foi notificada a tomar as providências para a adequação dos produtos perigosos, conforme determina a legislação.

Diante dos fatos, a PMA também confeccionou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 117.000,00.

Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental, previsto pelo artigo 56 da Lei 9.605/1998 de: produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos. A pena é de um a quatro anos de reclusão.

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acusado de 'tirar a infância' da afilhada com abusos, professor vai para presídio de Aquidauana
Mesmo com vacina, Brasil registra 1.202 mortes por covid em 24 horas
Professor acusado de abusar de afilhada e irmã é preso em Aquidauana
Com presença de Pazuello, avião com 2 milhões de doses de vacina pousa em Guarulhos
Sobrevivente de chacina em 2017 é executado a tiros em Pedro Juan
Projeto de MS cria 'licença 1ª infância' para mães cuidarem dos filhos até 3 anos
Tempo quente e possibilidade de chuva marcam o sabadão em MS
Mulher descobre vídeo íntimo da filha no celular do marido e atira nele
Motoentregador morre após bater em caminhão
‘Fica calmo, cadê a chave do carro?’, diz bandido ao roubar veículo em Campo Grande