Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Em 45 dias, apreensões feitas pelo DOF somam 12 toneladas de maconha

14 fevereiro 2017 - 14h19

As apreensões de maconha feitas pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) superam as 12 toneladas nos primeiros 45 dias do ano, segundo balanço divulgado hoje (14) pela assessoria de comunicação do departamento.

Conforme o diretor do DOF, coronel Ary Carlos Barbosa, mais uma vez as apreensões de drogas tiveram a maconha como “carro-chefe”. A média foi de 250 quilos da droga apreendidos por dia, cerca de uma tonelada a mais do que no mesmo período de 2016.

Foram apreendidos ainda 139 quilos da cocaína, com aumento de 75% maior em relação ao mesmo período de 2016, além de 33 quilos de haxixe, 1 quilo de pasta-base, 13.328 micro pontos de LSD – maior apreensão já feita desse tipo de droga em Mato Grosso do Sul.

Ainda conforme o balanço, pelo menos 20 mil pessoas e veículos foram abordados nos quase mil bloqueios policiais feitos em toda a extensão de 1.500 quilômetros de fronteira com a Bolívia e o Paraguai.

Recorde do ano – A maior apreensão feita até agora em 2017 ocorreu no dia 11, quando foi abordada uma carreta carregada com sal e ração e. No fundo da carga existiam 295 fardos de maconha que totalizaram 7.185 quilos da droga.

A maconha saiu da fronteira sul do estado e seguiria para Campina Verde (MG). O condutor da carreta foi autuado em flagrante na Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), em Dourados.

“O aumento das apreensões nesse início de 2017 se deve principalmente à ação repressiva do DOF nas estradas e rodovias que fazem o acesso principalmente à fronteira sul de nosso estado”, afirmou Ary Barbosa, que destaca o sistema de comunicação e de inteligência adotado pelas equipes operacionais.  (Campo Grande News)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito comemora início da vacinação e reforça importância das medidas de biossegurança
Advogado se comove e ajuda doméstica com lesão na coluna a batalhar por auxílio-doença
Marido bate na esposa, faz ameaças de morte, é flagrado pela mãe e acaba 'em cana'
Gazin doa 120 colchões para Prefeitura atender famílias afetadas pelas chuvas
'Doidão': motociclista alega estar drogado após manobra perigosa em Campo Grande
1º médico a ser vacinado em MS, Milton diz que vacina é esperança para fim do sofrimento
Cerest realiza ações em unidades de saúde visando o Janeiro Branco
Bolsonaro insiste na cloroquina, mesmo depois da Anvisa negar eficácia do remédio
Prefeitura atende 8 famílias com colchões e cestas básicas
Vacinada, técnica lembra que marido morto pela Covid pediu para ela não desistir da profissão