Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742
maticula

Dois homens são autuados por atearem fogo em terreno baldio no Jardim dos Estados

03 agosto 2016 - 16h12

Dois homens que não tiveram os nomes revelado, foram atuados pela Polícia Militar Ambiental, por estarem ateando fogo em terrenos baldios. O caso teria acontecido nesta terça-feira, 02 de agosto, após fiscalização de rotina dos militares, no bairro Jardim dos Estados, parte alta da cidade.

Sem autorização ambiental, a dupla disse aos policiais que faziam o uso do fogo para limpeza do terreno, na rua Monsenhor s/n, segundo eles para a construção de moradia.

No local havia vegetação de médio porte no terreno, além de lixo, o que levou a geração de muita fumaça, prejudicando toda a vizinhança. Os policiais e os infratores, que residem nas proximidades do local, extinguiram o incêndio.

Diante da situação, a PMA efetuou autos de infrações administrativos contra os autuados e arbitrou multa de R$ 5.000,00 contra cada um.

Apesar dos esforços e das orientações principalmente neste período seco, inclusive pela mídia, em relação à proibição de provocar incêndio, algumas pessoas insistem com o costume, que é bastante prejudicial ao ambiente e à saúde da população afetada.

No dia 29 de julho, a PMA de Corumbá já havia autuado outra pessoa por incêndio em terreno baldio.    

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com mineradoras, prefeito discute segurança do tráfego na rodovia BR-262
Terça-feira de tempo claro, calor e pancadas de chuva à tarde
Corumbá recebe novo lote com 970 doses da vacina contra Covid-19
Onça solta no Pantanal já se alimentou e até atravessou o Rio Paraguai a nado
Agepan realiza Consulta Pública sobre Tarifa de Pedágio na MS-306
Terceiro lote de vacina contra a Covid-19 chega a MS
Rede Hemosul permite que moradores do interior também ajudem a salvar vi
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Presidente da Assembleia assina pedido para assumir Governo até dia 30
Guedes sugere congelar salários do funcionalismo para evitar crise