Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

De julho a agosto PMA efetuou mais de R$ 207 mil em multas na região do Pantanal

05 setembro 2016 - 15h01

A 2ª Companhia de Polícia Militar Ambiental (PMA) em Corumbá, efetuou um balanço das ocorrências referentes aos meses de julho e agosto deste ano. Só nesses dois meses, os Autos de Infração geraram multas no valor total de R$ 207.655,70.

Além disso, de acordo com o balanço, neste período foram distribuídas várias equipes com intuito de fiscalização ambiental e foram lavrados 22 autos de Infrações administrativos, bem como as devidas conduções penais dos infratores, por diversas irregularidades.

No total, foram apreendidos: 3.395 tambores de 200 litros, de substâncias perigosas (lama asfáltica); três motosserras; dois veículos; 10.000 litros de combustíveis, 950 iscas vivas; 40 Kg de pescado; 10.200 latas de tintas; um adolescente foi autuado e um filhote de cachorro foi apreendido por maus-tratos. Neste mês, ontem (2), um infrator de 32 anos foi autuado por matar e esquartejar um cachorro.

Com relação aos crimes contra a flora, houve autuação por desmatamento de 0,5 ha (meio hectare); autuações por corte de árvores e por transporte ilegal de produtos florestais-lenhas, e autuação com apreensão de 406 estacas de madeiras, equivalente a 7 m³.

Já em atividades irregulares em perímetro urbano foram autuadas três pessoas que funcionavam lava-jato sem Autorização Ambiental e dois foram autuados por incêndio em terreno baldio.

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem morre em acidente entre dois veículos na MS-156
Boxeadora brasileira é suspeita de espancar marido até morte na Suíça
Operação investiga denúncias de violência contra idosos em MS
Empresário morre sem deixar testamento de herança de R$ 4,3 bilhões
Adolescente compra celular roubado de criança e acaba na delegacia
Ladrão se arrepende e devolve cabelos doados para crianças com câncer
Bebê de 11 meses engole prego em Três Lagoas
Preço médio do gás deve chegar a R$ 80 em Campo Grande após aumento de 5%
Justiça decide pela prisão de jovem que matou namorada para defender bebê
Preso por ataque a banco em Criciúma já tentou soltar Marcola da cadeia