Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742
Operação Ariranha

Com balanço positivo, Operação Ariranha continuará em Corumbá e Ladário

03 junho 2019 - 14h00Por Mariana Cardoso

Operação Ariranha deflagrada pelas Polícias Militar e Civil, no sábado, 1º de junho teve o seu primeiro balanço divulgado através de uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 03 de junho.  Ao todo  foram computadas nove prisões, três em Corumbá e seis em Ladário, mais apreensões de dezenas de papelotes de drogas e desativação de pontos de venda de entorpecentes nos municipios. 

De acordo com o comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar em Corumbá,  tenente- coronel Massilon de Oliveira Silva Neto, o balanço foi positivo, "obtivemos êxito no combate aos crimes que persistem em incomodar à população de Corumbá e Ladário tanto ao que diz respeito a venda e receptação de produtos furtados e roubados, bem como o fechamento de pontos de drogas e o trabalho intensivo realizado em cima das denúncias de perturbação do sossego", comentou refirindo-se ainda aos três carros apreendidos devido ao volume excessivo do som, "as pessoas que foram presas, a maioria já tem alguma passagem por furto, roubo, tráfico ou comércio ilícitos", finalizou. 

A Operação realizada em conjunto com equipes da PM de Aquidauana, Nioaque, Jardim e Miranda, bem como efetivos da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Polícia Militar Ambiental (PMA), Batalhão Especial de Operação da PM da Capital e agentes da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) deverá ter continuidade durante todo o ano. 

"A criminalidade é combatida diariamente por nós da Segurança Pública e ações especificas e intensivas no combate aos crimes terão continuidade de maneira oportuna. Gostaria de dizer a você que pratica ilícitos que um dia a Polícia bate na sua porta. Nossas ações são estratégicas e muito bem direcionadas", enfatizou o delegado regional da Polícia Civil em Corumbá, Alex Sandro Antônio Peixoto. 

Outro ponto abordado durante entrevista foi o empenho em conjunto, "é primordial que todos saibam que nós somos parceiros em prol da comunidade. Aqui não existe estrelismo e sim 'mãos dadas' para a realização do melhor trabalho para nossa região", disse.

Ainda conforme o delegado, a Operação que envolveu 50 policiais foi desenvolvida em dois períodos, sendo o primeiro no início do dia com o cumprimento de mandados de busca e apreensão e o segundo com o fechamento de bocas de fumo em bairros de ambas cidades. A culminância da operação foi realizada por meio de abordagem planejada em locais levantados pelas equipes de inteligência da PC e da PM. 

 

A importância da deúncia

Os representantes da PM e da PC em Corumbá também reforçaram a necessidade da ajuda da população no combate à criminalidade.

"O anonimato é totalmente garantido, então não é preciso ter medo ao denunciar qualquer tipo de crime", ressaltou Alex. Já o tentente coronel enfatiza o número 181 como principal canal para realização de denúncias.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casal é morto em casa e na frente da filha de cinco anos
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Com estoque zerado, Hemosul convoca doadores de O negativo
Com quase 10% colhida e ajuste para menor na área, safra da soja deve ultrapassar 11,2 milhões de toneladas
Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa