Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Bolivianos são detidos por transportarem iscas vivas sem autorização ambiental

24 agosto 2016 - 15h29

Duas pessoas, um homem de 27 anos e um adolescente de 17 anos, forma detidos, na noite desta terça-feira, 23 de agosto, após tentarem atravessar a região de fronteira, Brasil/ Bolívia, com 1.000 iscas vivas das espécies tuvira, jejum e caranguejos, que tinham sido capturado sem autorização ambiental.

O caso, conforme a Polícia Militar Ambiental- PMA, aconteceu na sede do Posto Edras, quando ficais da Receita Federal, abordaram a dupla e acabaram encontrando as iscas, que estavam em tambores plásticos sendo transportadas no porta-malas de um veículo Toyota Corolla, com placas da Bolívia.

Após flagrante, os infratores foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal de Corumbá para responder por crime ambiental de transporte de produto da fauna ilegalmente, que prevê pena de três meses a um ano de detenção.

Já as iscas foram soltas na Baía do Tamengo, no Pantanal.

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Marido bate na esposa, faz ameaças de morte, é flagrado pela mãe e acaba 'em cana'
Gazin doa 120 colchões para Prefeitura atender famílias afetadas pelas chuvas
'Doidão': motociclista alega estar drogado após manobra perigosa em Campo Grande
1º médico a ser vacinado em MS, Milton diz que vacina é esperança para fim do sofrimento
Cerest realiza ações em unidades de saúde visando o Janeiro Branco
Bolsonaro insiste na cloroquina, mesmo depois da Anvisa negar eficácia do remédio
Prefeitura atende 8 famílias com colchões e cestas básicas
Vacinada, técnica lembra que marido morto pela Covid pediu para ela não desistir da profissão
Em dia histórico para MS, quatro são vacinados contra a covid no Hospital Regional
Prefeitos já se planejam para vacinação nas aldeias e elogiam ações do Estado no combate à pandemia