Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

Dia “E” da Economia Solidária e Geração de Renda

27 janeiro 2017 - 12h01

Um trabalho conjunto entre as secretarias de Assistência Social, Saúde e Fomento ao Desenvolvimento, reuniu mais de 50 empreendedores informais do município de Ladário, nesta terça feira, 25 de janeiro. O encontro foi no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Mangueiral.

"O que queremos é desenvolver um trabalho sério e linear, desde a regularização dos documentos, passando pela viabilização dos credenciamentos necessários e chegando ao treinamento para capacitação em atuação nos eventos promovidos pelo município", explicou a secretária de Assistência Social, Andressa Paraquett.

Neste primeiro encontro, a intenção foi reunir e conhecer melhor os empreendedores para, a partir dai, traçar as metas de fortalecimento do setor. São essas pessoas que levam seus trabalhos, voltados à culinária, arte e artesanato para as feiras e grandes concentrações da cidade.

Esse foi o motivo de estarem três secretarias envolvidas. A saúde por causa das questões sanitárias, a Promoção Social, porque solidifica o fortalecimento econômico das famílias de pequenos comerciantes e, o Fomento ao Desenvolvimento porque é a secretaria que trabalha o crescimento e o desenvolvimento da economia do município.

O próximo passo agora será o agendamento do Mutirão do Micro Empreendedor Individual, que deve acontecer a partir da semana que vem; as consultas médicas pra emissão das carteiras sanitárias dos comerciantes de gêneros alimentícios; e nas próximas quatro semanas, haverá encontros semanais com intuito de estruturação dos eventos.

Encontro formaliza a criação da Praça de Alimentação Permanente

"A ideia nasceu dos próprios empreendedores. Nós achamos uma boa ideia, encampamos e vamos ser parceiros para criar a Praça de Alimentação Permanente", anunciou a secretária Andressa Paraquett. A praça vai funcionar na Avenida 14 de Março, na altura do Coreto, pelo menos uma vez por mês.

A intenção é padronizar as ações e a estrutura para que o atendimento seja de primeira qualidade. Segundo Paraquett, as barracas seguirão um padrão de design e todos os empreendedores usarão uniformes e equipamentos de higiene e segurança.

A qualidade dos produtos que serão vendidos seguirá normas rígidas, já que o que se pretende, é oferecer o melhor para a população ladarense. As barracas servirão salgados, comidas típicas da região e bebidas. Também está projetada uma área de diversões com brinquedos para a criançada. (Assessoria de Comunicação - PML)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em janeiro, UFMS voltará a ter aulas presenciais
Durante confronto na fronteira de MS, policial morre e outro é ferido a tiros
Por ciúmes, modelo da Vogue mata namorado a facadas
'Cabeção' é preso por matar vizinha e polícia investiga estupro
Mulher é presa suspeita de matar namorado a facada em MS
Mulheres vítimas de violência serão inclusas em cadastros habitacionais em MS
MS registra 13 mortes por covid-19 e aumento de pedidos de testagem
Número de casos confirmados de coronavírus passa dos 100 mil no MS
Mato Grosso do Sul busca parceria do BRB para ampliar linhas de financiamento
Polícia Civil aguarda laudo de corpo de jovem encontrado no rio Aquidauana