Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99820-0742

Estado repassa mais recursos para custeio de serviços da saúde em municípios

29 maio 2019 - 08h15Por Portal Governo do Estado MS

O Governo do Estado vai repassar recursos da ordem de R$ 6,3 milhões divididos em nove parcelas a oito municípios de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de possibilitar a ampliação de diversos serviços, como cirurgias nas áreas de oftalmologia e ortopedia, psiquiatria, hemodiálise e outros. A primeira parcela foi paga neste mês.

“Conversamos com prefeitos de municípios que são sede de microrregiões e decidimos, por determinação do governador Reinaldo Azambuja, repassar recursos adicionais para que os mesmos possam realizar exames e procedimentos que não estavam sendo ofertados à população”, explica o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

O aporte adicional de recursos durante os próximos nove meses, a partir da competência abril, vai aliviar as principais demandas que as administrações municipais apresentam atualmente, até que sejam finalizados os processos de consultorias que vêm sendo realizados em Mato Grosso do Sul. “Fomos contemplados com as consultorias dos hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês, Moinhos de Vento, Alemão e Oswaldo Cruz, que vão culminar com a regionalização e a planificação da saúde em nosso Estado”, complementa o secretário.

Municípios

A definição dos recursos a serem repassados ocorreu mediante pactuação feita entre os gestores municipais e o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Este entendimento define quais os valores e serviços a serem ofertados pelos municípios de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Três Lagoas e Ivinhema.

Para ampliar a oferta de serviços de ortopedia e custeio das especialidades do CEM (Centro de Especialidades Médicas), o município de Aquidauana vai receber um total de R$ 1.350.000,00 em nove parcelas de 150 mil. Corumbá vai obter um repasse adicional de R$ 728 mil, com o compromisso de estender o número de procedimentos em ortopedia e psiquiatria, em parcelas de R$ 80,8 mil.

Coxim terá um aporte suplementar de R$ 77.777,77 durante nove meses, totalizando R$ 700 mil para que possa retomar o projeto de ortopedia. Esse recurso também vai custear o serviço de hemodiálise no município. Já Dourados receberá R$ 900 mil, em nove vezes de R$ 100 mil para apoio diagnóstico e terapêutico em alta complexidade no município.

Dentro da mesma pactuação, Naviraí terá R$ 90 mil para aumentar a oferta de cirurgias eletivas, enquanto Nova Andradina receberá R$ 750 mil, em nove parcelas de R$ 83.333,33 a fim de habilitar uma UTI e ofertar novas vagas em ortopedia.

Três Lagoas é um dos municípios sede de macrorregião que também está sendo contemplado com repasse adicional no valor de R$ 836.787,00, em nove parcelas de R$ 92.976,33, a fim de habilitar o serviço de neurologia e também para realizar outras ações de alta complexidade.

Ivinhema, por sua vez, receberá um total de R$ 950 mil, em parcelas de R$ 105.555,56 como incentivo do Governo do Estado na realização de cirurgias eletivas para a população local e de municípios vizinhos, bem como para a melhoria de atendimento no pronto socorro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bebê morre duas semanas após testar positivo para a Covid-19
Rosa Weber determina que governo federal reative leitos de UTI para Covid-19 em três estados
Segunda-feira será quente, com pancadas de chuva
Ciúmes é motivo de briga entre vizinhas que acaba com uma ferida na Vila Aimoré
Operação acaba com rave no meio da pandemia em Campo Grande
Rapaz agride jardineiro com cutelo
Drogado surta, quebra móveis e ameaça bater na mulher
Motorista é perseguido por 7 motociclistas no centro de Campo Grande
Salário de servidores estaduais estará disponível para saque nesta terça-feira
Pai é preso suspeito de engravidar filha de 14 anos em Dourados