Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Travesti mata marido com facada no peito; casal tinha histórico de brigas

10 junho 2019 - 11h30Por Top Midia News

Antônio Valdenir Alves, 53 anos, conhecido como 'Vozinho' ou 'Toxô', foi morto com uma facada no peito, na casa onde morava, na rua Ademar Pereira de Camargo, esquina com a Pedro Pereira de Almeida, Vila Pernambuco, em Cassilândia. Uma travesti conhecida como ''Samila'', que vivia com ele, confessou o crime.

Conforme o Jovem Sul e o Cassilândia Urgente, a polícia teve informações que o casal brigava constantemente, sendo uma das discussões mais recentes na sexta-feira (7). O crime ocorreu na manhã de sábado, quando a travesti acertou o golpe único na vítima.

A Polícia Militar foi chamada e encontrou Vozinho caído nos fundos da residência. A equipe policial o levou até a Santa Casa de Misericórdia, mas a vítima morreu a caminho do hospital. A faca usada no crime estava dentro de um balde.

A suspeita pelo crime foi presa instantes depois. Ela relatou que tinha sido agredida e deu a facada para se defender. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa
Governo já investiu R$ 4,6 bilhões em infraestrutura desde 2015 e segue com agenda de obras até o final de 2022
Mais de 1,2 mil privados de liberdade realizam o Enem Prisional nesta semana em MS
Sede do Detran-MS passará por reforma a partir desta terça-feira
Sedhast lança Resolução de programa que concede benefício social para acadêmico indígena