Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Homem queima boca e esôfago ao ganhar 'bombom de cal' de colegas de trabalho

08 junho 2019 - 10h15Por G1/MS

Uma bolinha de cal virgem, enrolada no papel de bombom. É desta forma que o funcionário de uma empresa de celulose, em Três Lagoas, região leste do estado, foi enganado e participou de uma "brincadeira de mau gosto", conforme disse a própria advogada da empresa, que registrou boletim de ocorrência nessa quinta-feira (6).

No depoimento, ela alega que presta serviço para a empresa e roubo do crime ocorrido no pátio. Na ocasião, os dois trabalhadores disseram para a vítima que se tratava de "bombom de côco" e ele então mordeu, tendo queimadura na boca e lesões no esôfago.

O homem, que não teve a identidade revelada, então pediu ajuda e a segurança foi acionada, levando ele para o hospital. A vítima permanece internado e disse que não tinha interesse em dar queixa na polícia.

Ao G1 o delegado Fernando Casati, responsável pelas investigações, disse que até o momento os envolvidos ainda não compareceram na delegacia.

"A vítima será sim chamada no decorrer da próxima semana. Nós também solicitamos o prontuário medico e os autores podem responder por lesão corporal de leve a grave e tudo vai depender da gravidade e o que o laudo vai apontar", finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Malandragem no ar: casal que levava vida luxo é preso por sequestro de mulher
MS registra mais 23 óbitos e 914 infectados pela covid-19
Homem é brutalmente assassinado e tem mãos decepadas em Paranhos
Motoristas de aplicativo paralisam atividades dia 17 de março e imploram por melhorias
Morre menina que teve corpo queimado enquanto fazia bife na chapa Fato ocorreu no dia 14 deste mês, em Maracaju
Morre enfermeira bolsonarista que recusou vacina e teve reinfecção de covid
Andarilho esfaqueado no Jóquei Club está na área vermelha da Santa Casa
Bolsonaro leva projeto de privatização dos Correios; houve tumulto e porta estilhaçada na Câmara
Casal é morto em casa e na frente da filha de cinco anos
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde