Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Câmara discute projeto sobre identificação de ruas e sinalização de trânsito

27 março 2017 - 13h48Por Assessoria de Imprensa da Câmara

A Câmara de Vereadores de Corumbá está analisando um projeto de lei que dispõe sobre a disciplina e colocação de placas indicativas de ruas e sinalização de trânsito na área urbana. De autoria do vereador Roberto Gomes Façanha (PMDB), esta medida vinha sendo reivindicada na cidade, principalmente pelos profissionais ligados ao setor imobiliário que, já há algum tempo, questionavam as dificuldades de se identificar ruas devido à falta de placas informativas, problema que afeta também os turistas que visitam a maior cidade pantaneira.

Para resolver este e outros problemas, o vereador entrou com o projeto de lei na Câmara para resolver este problema que afeta principalmente a parte alta da cidade, região sul, que mais é prejudicada pela ausência de placas indicativas de ruas e de sinalização de trânsito.

O projeto de lei estabelece que a Prefeitura de Corumbá deve instalar placas indicativas de sinalização de trânsito nas esquinas de cada rua e avenidas da cidade, tanto no centro como nos bairros; placas indicando nomes dos bairros e conjuntos habitacionais; nas saídas para os assentamentos rurais, bem como placar em frente às farmácias, hospital, postos de saúde e em órgãos públicos.

Prevê ainda que as placas em frente a farmácias, hospital e postos de saúde, deverão indicar o limite máximo de 15 minutos. Já as placas indicativas de ruas deverão ser fixadas em locais visíveis e em tamanho padronizado, facilitando aos motoristas e pedestres, a sua direção e localização.

O projeto de lei sugere ainda que nas placas indicativas de ruas, poderão ser colocadas a sequência da numeração das residências e casas comerciais da referida quadra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

"A luz da ciência chegando via Butantan e Fiocruz!", diz Mandetta nas redes sociais
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Enfermeira que tomou 1ª dose de vacina no Brasil pede para população não ter medo
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata
Após aprovação pela Anvisa, Corumbá aguarda a chegada das doses da vacina contra a Covid-19
Coronavac chega às 10h em Campo Grande com reforço: são 158.766 doses
Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Corumbá