Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Aprovado Projeto de Lei que prevê transporte de alunos da Fundação Bradesco

10 maio 2017 - 13h52Por Assessoria de Comunicação da Câmara

A Câmara Municipal de Corumbá aprovou na noite de terça-feira, 09, Projeto de Lei que autoria o Poder Executivo a fornecer transporte gratuito de alunos corumbaenses que estudam na escola da Fundação Bradesco, na região de Bodoquena. Agora, a proposição segue para sanção do prefeito Ruiter Cunha.

O Projeto de Lei é de autoria do vereador Baianinho (PSDB), que recebeu elogios de todos os vereadores corumbaenses. A votação foi acompanhada por pais de alunos que estudam na Fundação e a medida visa resolver um grave problema vivido pelos pais destas crianças, que são obrigadas a custear a viagem das mesmas, muitas vezes sem ter como pagar a passagem.

Antes da aprovação, por unanimidade, o assunto foi bastante debatido pelos vereadores presentes à sessão, todos enaltecendo a importância do Projeto de Lei, que vai, de imediato, atender 59 crianças corumbaenses que estudam na Fundação Bradesco. “É um sacrifício para os pais, custear as despesas com o transporte. São pessoas de baixa renda que precisam do apoio do Poder Público. Agora, vamos aguardar o prefeito sancionar a lei, para que estas crianças tenham transporte gratuito”, comentou o vereador.

O Projeto de Lei autoriza a Prefeitura de Corumbá a fornecer transporte para estas crianças utilizando veículos mantidos e adquiridos pelo Poder Público, através dos programas instituídos pela União para o transporte escolar, como o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate).

Baianinho lembra que os veículos destinados ao transporte escolar “poderão muito bem atender as crianças que estudam na Fundação Bradesco, sem prejuízo aos alunos da Rede Municipal de Ensino”.

Com a disponibilização dos veículos, os familiares terão uma economia de R$ 100,00 por semana, valor da passagem ida e volta de cada criança. Hoje, o transporte acontece com apoio de vans e há casos que a mãe, pai ou outro responsável, tem que acompanhar a criança, aumentando ainda mais as despesas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

"A luz da ciência chegando via Butantan e Fiocruz!", diz Mandetta nas redes sociais
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Enfermeira que tomou 1ª dose de vacina no Brasil pede para população não ter medo
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata
Após aprovação pela Anvisa, Corumbá aguarda a chegada das doses da vacina contra a Covid-19
Coronavac chega às 10h em Campo Grande com reforço: são 158.766 doses
Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Corumbá