Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Justiça ouve indígenas e fazendeira sobre ocupação de propriedade

06 junho 2016 - 23h09

Audiência na tarde desta segunda-feira (06) na Justiça Federal ouve indígenas terenas e a proprietária da Fazenda Capão das Araras, de Aquidauana – a 140 quilômetros de Campo Grande. Ela pediu a reintegração de posse da área que fica dentro da reserva Taunay-Ipegue, onde famílias indígenas ocuparam no dia 13 de maio.

De acordo com o engenheiro da Funai (Fundação Nacional do Índio), Jose Revina, já foram ouvidas quatro indígenas, além do gerente, capataz e proprietária da fazenda. A propriedade de 2,4 mil hectares fica dentro da reserva Taunay-Ipegue, de 33,9 mil hectares, que portaria do Ministério da Justiça publicada no dia 2 de maio no Diário Oficial da União declarou terra indígena.

O processo demarcatório da área, iniciado em 1985 pela Funai, já resultou em uma série de conflitos entre indígenas e os produtores rurais das 17 fazendas que ficam na área. “Com a portaria, passamos a ter terra para poder caçar, pescar, e buscar semente para o artesanato. Antes não tínhamos área suficiente”, disse o indígena Alcyri Marques Terena, 41.

O indígena ainda reclama que a área está degradada. “Apesar da portaria, grande parte da área não dá pra usar, o rio foi assoreado, precisa de projeto específico para melhorar lá”, disse.

Sobre o conflito e a portaria, Célio Fialha Terena, de 32 anos cita “somos amparados constitucionalmente. Eles têm direito, mas nós também temos o nosso”.

A dona da fazenda teve 15 dias para retirar cerca de 1,4 mil cabeças de gado da fazenda. Segundo o gerente da fazenda, Rodrigo Alves Correa de Queiroz, 39, a proprietária fez um boletim de ocorrência por ocupação e levou o gado para outra fazenda próxima. “Nossa expectativa é receber a terra de volta. A fazenda está há 100 anos com a minha família. Sempre houve harmonia com a comunidade indígena, mas de um tempo pra cá ficou difícil”, afirma. 

Via: Midia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Renave: Registro Nacional de Veículos em Estoque é lançado em Mato Grosso do Sul
Em reunião com prefeito, diretor do Detran confirma R$ 400 mil para sinalização
Governador faz balanço do primeiro dia de vacinação no MS
Homem mutila cachorro com facão para fazê-lo parar de latir em MS
Em Três Lagoas, grupo terapêutico ajuda detentas no crescimento pessoal e resolução de problemas
Prefeitura e Senar/MS realizam capacitações nas unidades do CRAS
Ex-prefeito de Dourados, Humberto Teixeira morre aos 82 anos de covid-19
Motociclista bate de frente com ônibus e morre em Naviraí
'Chuvarada' deixa Defesa Civil em alerta com crescente de três rios em MS
Morador sai de sorveteria e vê homem se masturbando para adolescentes