Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Aos 10 anos, Julia é maquiadora profissional e faz questão de investir no sonho

07 junho 2019 - 10h15Por Lado B

Quem vê Julia Meada, de apenas 10 anos, brincando com as amigas da escola, até dúvida que ela consegue fazer maquiagens profissionais. Mas makes que, muitas vezes, são difíceis até para mulheres adultas, a menina consegue fazer com facilidade e já entrou na onda de dar dicas de beleza para as clientes e em seu canal no Youtube, o “Mundo da Ju”. De Rio Negro, a 154 quilômetros de Campo Grande, a pequena se tornou digital influencer e está investindo da carreira.

 

“Todo dinheiro que ganha tá investido. Para fazer as maquiagens nos fins de semana, tivemos que trocar o quarto dela e compramos uma penteadeira profissional. Como estava ganhando, foi ela quem comprou o espelho, as lâmpadas de led, o tampão de vidro e pagou a mão de obra do eletricista”, conta a mãe Ariele Fernanda Vieira.

Ela relata que a mini maquiadora aproveita que o pai vem, de vez em quando, para Campo Grande e encomenda produtos de beleza. “Pedi para comprar maquiagens que faltam, fala o nome e até dá dinheiro para ele. Damos descontos para incentivar”, diz.

Ariele relata que a filha aprendeu a fazer maquiagens através dos tutoriais do Youtube e sempre foi vaidosa. Aos quatro anos de idade ganhou sua primeira paleta de sombras e guardou por anos. A vontade de estar linda fez com que a menina acordasse cedo, antes mesmo da mãe para poder se maquiar escondido. “Gostava de se arrumar desde pequena, passava batom e rímel”.

Ao perceber que o rosto com maquiagens, Ariele decidiu segurar as “rédeas”. “Não gostava que se maquiava porque era muito pequena, então tentei puxar as rédeas”, disse. No entanto, a vaidade de Julia falou mais alto. “Começou pegando meu protetor, blush, rímel e batom. Fazia pele e um contorno, as maquiagens não pareciam coisas de criança”, relata.

 
Com o dinheiro da maquiagem Julia conseguiu comprar uma penteadeira profissional (Foto: Arquivo pessoal)Com o dinheiro da maquiagem Julia conseguiu comprar uma penteadeira profissional (Foto: Arquivo pessoal)
 
A maquiadora produzindo as clientes em Rio Negro (Foto: Arquivo pessoal)A maquiadora produzindo as clientes em Rio Negro (Foto: Arquivo pessoal)
 

Apesar da resistência em não querer a filha com maquiagens, no dia do aniversário, Ariele resolveu pedir ajuda para fazer uma make, e nesse momento sua opinião começou a mudar. “Foi em maio de 2018. No meio do evento, uma amiga notou a make em meu rosto. Ao perguntar quem era o profissional responsável, respondi que é era a minha filha”, diz.

 

Ao perceberem o talento de Julia, as mulheres de Rio Negro passaram a procurar pela maquiadora. “Depois do aniversário teve uma amiga que pediu para ela produzir, a Julia fez. Em seguida teve um evento de 15 anos e as meninas da escola dela passaram a procurar por ela”, contou a mãe. “Nessa época, falei para ela começar a cobrar uns R$20,00 por conta do produto”.

Desde então, Julia passou a fazer makes profissionais e já tem até noiva no currículo. “A noiva era para o casamento no cartório. Uma das meninas tinha combinado de se produzir na casa, enquanto a outra no salão. Quando fomos até o local, todos viram a gente entrando e segurando a maleta. Ao avistarem ela começando a maquiar duvidaram, mas depois de pronta, ficaram encantadas com o trabalho e teve uma querendo agendar a maquiagem para setembro”, recorda a mãe.

Rio Negro têm cerca de 15 mil habitantes, então a procura pelos trabalhos de Julia cresceram. Por conta da demanda, a maquiadora precisou aumentar o valor das maquiagens para R$ 80,00. 

A menina jura que não negligencia os estudos, mas cuida também das redes sociais. “Eu mesma quem público as coisas no Instagram, respondo comentários, movimento os stories, mas sempre minha mãe me ajuda”, diz Julia.

 
Maquiagem produzida por Julia, (Foto: Arquivo pessoal)Maquiagem produzida por Julia, (Foto: Arquivo pessoal)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casal é morto em casa e na frente da filha de cinco anos
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Com estoque zerado, Hemosul convoca doadores de O negativo
Com quase 10% colhida e ajuste para menor na área, safra da soja deve ultrapassar 11,2 milhões de toneladas
Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa