Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Rio 2016: Atleta de boxe da Namíbia é preso por estupro contra camareira no Rio de Janeiro

08 agosto 2016 - 17h39

Um segundo atleta de boxe foi preso por policiais civis acusado de estupro contra uma camareira na Vila Olímpica, na Zona Oeste do Rio. O boxeador da Namíbia da categoria médio ligeiro Jonas Junius, de 22 anos, foi detido por agentes da Delegacia do Recreio dos Bandeirantes após ser denunciado por uma camareira. Segundo a Delegada Carolina Salomão, o atleta agarrou e beijou a camareira. Em seguida, Jonas Junius ofereceu dinheiro para que a vítima mantivesse relação sexual com ele. A mulher saiu correndo e procurou a polícia. O atleta foi levado para a delegacia, onde foi autuado e será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Bangu ficando fora das provas de boxe.

Ele lutaria na noite de quinta-feira, dia 11, às 18h, com o atleta francês Hassan Anzile, no Pavilhão 6 do Riocentro. Jonas Junius foi o atleta que levou a bandeira da Namíbia na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no estádio do Maracanã, durante a passagem da delegação do país africano.

Na sexta-feira (05/08), policiais da Delegacia do Recreio dos Bandeirantes prenderam o atleta marroquino de boxe da categoria médio–pesado Hassan Saada, de 22 anos, na Vila Olímpica, também por estupro. Ele abordou duas camareiras que faziam a limpeza do quarto em frente. O boxeador apalpou o seio de uma delas e a coxa de outra. Hassan Saada também foi preso e levado para o Complexo penitenciário de Bangu.

Fonte: G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

"A luz da ciência chegando via Butantan e Fiocruz!", diz Mandetta nas redes sociais
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Enfermeira que tomou 1ª dose de vacina no Brasil pede para população não ter medo
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata
Após aprovação pela Anvisa, Corumbá aguarda a chegada das doses da vacina contra a Covid-19
Coronavac chega às 10h em Campo Grande com reforço: são 158.766 doses
Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Corumbá