Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742
matricula 2

Nome sujo deixou Capital sem verba para receber Tocha Olímpica

23 junho 2016 - 17h24

Dentre as várias restrições sofridas pela Prefeitura de Campo Grande por constar no Cadin (Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal), a cidade não pôde receber R$ 100 mil como recurso de apoio para a passagem da Tocha Olímpica, que desembarca nesta sexta-feira, 24, às 13h15, na Base Aérea de Campo Grande.

A informação foi dada na manhã desta quinta-feira (23) pelo presidente da Fundação de Cultura de Campo Grande, Emerson Borges. A Prefeitura saiu do Cadin em abril deste ano, por decisão do TRF (Tribunal Regional Federal) 3ª Região, em São Paulo. Porém, à época da designação do recurso ainda constava no cadastro.

A dívida de R$ 12,5 milhões com a União, por falta de pagamento do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) entre os anos de 2002 e 2006, nas gestões de André Puccinelli e Nelson Trad Filho, atualizada, já passa de R$ 36 milhões.

Gasto mínimo –

O recurso de apoio que Campo Grande não irá receber é de R$ 100 mil. A Prefeitura não informou quanto terá que desembolsar para a logística que dará suporte ao percurso de 40 quilômetros na capital, no próximo sábado (25).

Segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura, o esquema foi organizado de forma a ter “gasto mínimo”, somente com a remuneração de algumas bandas que participarão de eventos em alguns pontos, já que outras aceitaram se apresentar sem cobrar pela notoriedade do evento.

A Prefeitura esclareceu que não vai custear a estada de membros do Comitê Rio 2016. Acompanhará a tocha comboio de 20 veículos entre batedores e ônibus, que vão recolher os condutores.

Noleto informou que a Guarda Municipal destacou 40 homens em 30 pontos da região central e 110 no Parque das Nações Indígenas. Haverá policiais militares em número igual. A segurança é integrada PRF, PF, PM, Guarda Municipal e Batalhão de Trânsito.

Haverá eventos com apresentação musical nas praças Ary Coelho, Tocha e Parque das Nações, organizados pela Prefeitura em conjunto com Comitê Rio 2016 e patrocinadores.

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estudo para concessão de parques estaduais deve ser concluído no 1° semestre
Funcionários de frigorífico são levados para hospital após vazamento de amônia
TCU conclui ser ilegal usar dinheiro do SUS para compra de cloroquina
Mesmo com pandemia, MS bate média recorde com 21 novas empresas abertas por dia
Quarta-feira de ar quente e úmido e previsão de pancadas de chuva
Trio é flagrado com maconha e acaba preso por tráfico no Aero Rancho
Passageiro é flagrado com malas recheadas com dólares e acaba preso em Campo Grande
Idosa de 117 anos é vacinada contra covid no Ceará
MS estuda cancelar ponto facultativo de Carnaval para evitar avanço da Covid
Período de inscrições para cursos do Pronatec segue aberto até 31 de janeiro