Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

Espetáculo de dança "Patas Arriba" será apresentado sábado em Corumbá

09 janeiro 2017 - 14h44

Corumbá recebe neste fim de semana o espetáculo de dança “Patas Arriba”. Baseada na obra do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano, a atração será apresentada na sede da Oficina de Dança, localizada na rua Antônio João, entre Delamare e a avenida General Rondon, neste sábado, 14 de janeiro, às 20 horas, com entrada gratuita.

 

O espetáculo foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 e integra o projeto Fronteiras Imaginárias, que leva a dança por várias do Brasil, em cidades-gêmeas e da faixa de fronteira com Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. A circulação abrange cidades nos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

Em Corumbá, o espetáculo terá a parceria da Prefeitura, por meio da Fundação de Cultura e Patrimônio Histórico. Ainda no sábado, um workshop de dança de rua e dança contemporânea será promovido pelos coreógrafos na Oficina de Dança, das 14h às 16 horas. A inscrição é gratuita e será feita no próprio local.

 

Patas Arriba – Fronteiras Imaginárias

 

Através da literatura de Galeano, autor contemporâneo, um dos mais célebres de toda a América Latina, surge a inspiração para um trabalho coreográfico engajado no questionamento de uma sociedade controversa e na poética da simplicidade dos meios de vida.

 

Em Patas Arriba, Galeano revela um mundo de desigualdades sociais e contradições nas relações impostas por diferentes formas de poderes, mas ao final da obra convida o leitor a um “voo”, a usufruir do “direito ao delírio”. A mensagem de Galeno, então, revela uma verdade contundente ao passo que promove uma possibilidade de reação, pois para o próprio autor “a primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la”.

 

É no “direito ao delírio” proposto em Patas Arriba, que o coreógrafo Rui Moreira buscou elementos para a composição coreográfica do espetáculo, que teve estreia em dezembro de 2014 em Porto Alegre/RS e Caxias do Sul/RS, em janeiro de 2015. Esta criação foi realizada com recursos do Prêmio Funarte de Dança  Klauss Vianna 2013.

 

Dando continuidade ao trabalho, a produtora Humanitas Arte e Cultura propôs e foi agraciada uma vez mais com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 – para promover a circulação do espetáculo Patas Arriba com o projeto Fronteiras Imaginárias, pelas Regiões Centro-Oeste e Sul do Brasil, em cidades-gêmeas e da faixa de fronteira com Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. A circulação abrange cidades nos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

A criação de Rui Moreira é a um só tempo fator que legitima qualidade artística ao projeto por sua reconhecida trajetória e que promove a integração cultural entre o Brasil e os países vizinhos, a partir da obra de Eduardo Galeano.  (Assessoria PMC)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Japão pode proibir veículos a gasolina em meados da década de 2030
Acordo estabelece ações de defesa para o consumidor com deficiência
Caixa paga terça-feira abono de declarações da Rais fora do prazo
PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE
PF prende sete investigados da Operação Overload
PRF apreende 104,8 Kg de cloridrato e pasta base de cocaína em Campo Grande (MS)
Operação Residence desarticula traficantes de drogas na Paraíba
Corinthians fica no 0 a 0 com o Fortaleza no Castelão
Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios; Dinheiro esquecido vai para habitação
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero