Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99820-0742

Espaço Jorapimo da FCMS recebe exposição do grafiteiro paulista Gejo O Maldito

31 maio 2019 - 08h45Por Portal Governo do Estado MS

O Núcleo de Artes Visuais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul convida para visitação da mostra Extinção, do artista grafiteiro paulista Gejo, o Maldito. A exposição encontra-se no Espaço Jorapimo, no saguão do Memorial da Cultura e Cidadania. A amostra fica até o final do mê de julho. 

A mostra Extinção é uma ação estética de arte educação, direcionada ao público mais jovem e a espaços educacionais, sejam eles escolas públicas, privadas ou núcleos alternativos. Por meio da técnica do grafitti, o artista procura sensibilizar os jovens aos cuidados de preservação das espécies na fauna, flora e até o momento da cadeia alimentar importante aos animais, não só aos já ameaçados. Existe um nível de perigo para cada animal e a maioria dos retratados na exposição estão já em fase final de extinção.

Gejo o Maldito nasceu na Bahia, chega a São Paulo no fim dos anos 70 e já nos anos 80 arriscava passos de breaking. Em 89 atou como pichador e nos anos 90 embrenhou no mundo do DJ. Ingressou no graffiti, Hip Hop e stencil no meio dos anos 90 e popularizou o graffiti e o Hip Hop nas escolas públicas. Massificou o termo arte/educação, participou das ONGs mais relevantes de São Paulo; expôs em escolas, bibliotecas, museus, galerias e exposições nos Estados Unidos, Alemanha, Israel, Canadá, Bélgica, Cingapura e Itália. É criador da marca de Hip Hop 9370, editor da revista Arte na Ruas e criador do evento Free Art Fest.

 Atualmente é proprietário do ponto cultural Elo Perdido e da Free Art Agency, que é uma empresa de artistas brasileiros que realiza oficinas, palestras, presta assessoria para assuntos de Street Art, produz ações artístico-culturais para galerias, espaços culturais, ONGs, Estados e empresas.

Suas obras refletem as relações humanas nas áreas das questões ambientais, sociais, educacionais, políticas com tons de humor e muitas vezes de críticas com denúncias sociais.

O projeto Exposições temporárias do Núcleo de Artes Visuais da FCMS acontece sempre no Espaço Jorapimo, com o objetivo de ampliar o diálogo com a produção atual das artes visuais e estimular a reflexão sobre a produção cultural brasileira, de maneira a contribuir na promoção, difusão e expansão da diversidade da linguagem artística e cultural. Possibilita também a compreensão das múltiplas linguagens e expressões, não se limitando somente às de caráter local.

O Espaço Jorapimo é destinado aos artistas que ao longo do tempo legitimaram suas práticas categorias de pintura, desenho, grafitti, gravura, escultura, objeto, colagem, instalação, arte digital, vídeo-arte, web-arte, body-art e performance.

 

Serviço:

Mostra Extinção, do grafiteiro paulista Gejo, o Maldito

Local: Espaço Jorapimo, no saguão do Memorial da Cultura e Cidadania

Endereço: Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559.

Horário de visitação: segunda a sexta, das 7h30 às 17h30, até o fim de julho

Entrada franca

Informações pelo telefone: (67) 3316-7449.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Último dia de fevereiro será de 'fritar
Ex-ministros da Saúde recomendam lockdown para evitar colapso no Brasil
Prefeita de Bella Vista é baleada na frente de casa
Homem capota carro, rasga uniforme de bombeiro e acaba preso em Campo Grande
Bêbado tenta furar bloqueio policial com carro recheado de bebidas no Monte Castelo
Homem é morto após discussão em bar de Ribas do Rio Pardo
Tempo firme, chuvas isoladas e máxima de 35ºC em MS
Tarifa da conta de energia segue bandeira amarela para março
Mãe é empurrada pelo filho após discutir com nora em Campo Grande
Festa com bebida, som alto e gritaria é encerrada no Jardim Tarumã