Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

MS procura 3,4 mil servidores 'sumidos' e que podem ficar sem salários

04 agosto 2016 - 16h05

O Governo de Mato Grosso do Sul publicou nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial do Estado novo edital de convocação ao Censo Cadastral Previdenciário. O prazo para o recadastramento dos servidores ativos e aposentados, que já havia sido prorrogado uma vez, se estenderá por mais 30 dias, mas há atualmente 3.440 correndo risco de ficarem sem seus benefícios.

A grande maioria dos mais de 66 mil atingidos pelo Censo já atualizou seus dados. Segundo o Governo do Estado, em números divulgados hoje, a adesão é de 94,6%, o melhor resultado entre os estados do país.

Na publicação de hoje no Diário, consta que 3.440 servidores ainda não procuraram os postos de atendimento. 

Quem deixou para a última hora não pode perder esse novo prazo. Os “desatualizados” terão sua remuneração bloqueada caso não regularizem a situação em 30 dias.

Segundo os dados do Governo do Estado, do total que não compareceu, 1,09 mil são servidores ativos, 1,3 são inativos e 1,1 são pensionistas. “Boa parte das ausências se deve ao descuido dos servidores ou beneficiados. Temos também um percentual de vacância”, explica, em material divulgado pelo Executivo, a assessora jurídica da Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica), uma das coordenadoras do recenseamento, Ana Carolina Nardes.

Os servidores aposentados devem procurar a Ageprev/MS (Agência de Previdência), localizada na Av. Mato Grosso, 5778, Bloco I, Bairro Jardim Veraneio, no período das 8 às 17 horas. O atendimento para dúvidas via telefone é feito no número (67) 3323.7356.

Os servidores ativos comparecem à sede da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização, localizada na Av. Des. José Nunes da Cunha, S/N, Parque dos Poderes, Bloco I. Os telefones para dúvidas são: (67) 3318-1325 e (67) 3318-1309.

A lista completa pode ser conferida aqui

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Professor acusado de abusar de afilhada e irmã é preso em Aquidauana
Com presença de Pazuello, avião com 2 milhões de doses de vacina pousa em Guarulhos
Sobrevivente de chacina em 2017 é executado a tiros em Pedro Juan
Projeto de MS cria 'licença 1ª infância' para mães cuidarem dos filhos até 3 anos
Tempo quente e possibilidade de chuva marcam o sabadão em MS
Mulher descobre vídeo íntimo da filha no celular do marido e atira nele
Motoentregador morre após bater em caminhão
‘Fica calmo, cadê a chave do carro?’, diz bandido ao roubar veículo em Campo Grande
Mulher perde mais de R$ 3 mil em golpe do whatsapp clonado
Japão nega que Olimpíada deste ano será cancelada