Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Prefeitura de Corumbá recebe peregrinação de réplica Cruz Missionária 2019

06 junho 2019 - 14h30Por Assessoria de Comunicação PMC

A Prefeitura de Corumbá recebeu na manhã desta quinta-feira, 06 de junho, a réplica da Cruz Missionária e a Bandeira Missionária, que percorrem todo o Brasil na divulgação do Mês Missionário Extraordinário (MME), proclamado pelo Papa Francisco para acontecer em outubro de 2019. O bispo diocesano de Corumbá, Dom João Aparecido Bergamasco, apresentou os símbolos ao prefeito Marcelo Iunes.

 

A réplica da Cruz Missionária chegou a Corumbá no dia 12 de maio e iniciou a peregrinação pela Igreja Nossa Senhora de Fátima, de onde seguiu para a Igreja Dom Bosco nesta semana. A Cruz permanecerá em peregrinação pelas paróquias da cidadã até outubro, quando será realizado um evento em celebração ao Mês Missionário Extraordinário.

 

Dom João Bergamasco explicou que a cruz foi um pedido do Papa Francisco durante a missão jesuítica na Bolívia. Ao prefeito Marcelo Iunes, o bispo diocesano afirmou que o chefe do Executivo Municipal tem a missão de administrar a cidade “para os mais pobres com justiça e ética”.

 

O prefeito destacou a felicidade em receber a réplica da Cruz Missionária e a Bandeira Missionária. “Estamos à disposição para apoiá-los. A igreja faz um trabalho direto com as famílias proporcionando paz e felicidade. É isso que queremos para todas as famílias corumbaenses”, disse Iunes.

 

Também participaram da visita ao prefeito, o padre Ignácio, da Igreja Nossa Senhora Auxiliadora; padre Augustinho, da Igreja Nossa Senhora de Fátima; o padre Marco Antônio e o Diácono Anselmo. Acompanharam os religiosos as representantes do Conselho Missionário Paroquial (COMIPA) e do Conselho Missionário Diocesano (COMID).

 

A Cruz Missionária

 

A cruz missionária recorda a Páscoa de Jesus que ilumina nossa vida e missão. Faz memória das missões jesuítas da Bolívia e a Evangelização dos povos da América Latina. Ela expressa o amor infinito de Deus e salvação da humanidade. Hoje, a cruz continua inspirando a evangelização dos povos e animando a espiritualidade da ação missionária.

 

A haste está em forma de espiral ascendente. Recorda o movimento característico da missão que parte da encarnação em direção a Páscoa de Jesus, crucificado e ressuscitado que ilumina e transformando a realidade.

 

Os cravos testemunham o martírio de Jesus na Cruz.

 

As flores que brotam da cruz, representam a vida nova que nasce da Páscoa de Jesus Cristo. Em meio a dor e sofrimento, Deus se manifesta e faz ressurgir a esperança e alegria do Evangelho.

 

A inscrição IHS, significa: Jesus, Filho de Deus, Salvador dos Homens.

 

Relíquia de Santa Nazaria Ignacia, fundadora de uma congregação religiosa missionária na Bolívia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa
Governo já investiu R$ 4,6 bilhões em infraestrutura desde 2015 e segue com agenda de obras até o final de 2022
Mais de 1,2 mil privados de liberdade realizam o Enem Prisional nesta semana em MS
Sede do Detran-MS passará por reforma a partir desta terça-feira
Sedhast lança Resolução de programa que concede benefício social para acadêmico indígena