Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Fantasias do Carnaval de Corumbá estão expostas no antigo Hotel Galileo

30 janeiro 2017 - 11h28

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, realiza, pela primeira vez na história do Carnaval de Corumbá, uma exposição das fantasias que marcaram época em vários carnavais da cidade. Todas as peças fizeram parte do tradicional Bloco das Pastorinhas.

 

A exposição está sendo feita nas vitrines do antigo Hotel Galileo, na esquina da Rua Frei Mariano com a Avenida General Rondon, um dos pontos mais charmosos de Corumbá. A exposição acontece diariamente, até às 22 horas.

 

Luiz Mário do Nascimento Cambará, presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, ressaltou a importância da exposição para a preservação do Carnaval Cultural de Corumbá.

 

“A exposição é mais um passo importante para valorizar e preservar o nosso Carnaval, que é muito maior do que o desfile das escolas de samba. Nossa festa é muito rica. Nessa exposição temos fantasias que mostram a qualidade e a criatividade dos nossos carnavalescos”, afirmou.

 

A exposição, já nos seus primeiros dias, está atraindo a atenção de turistas e do público em geral, uma vez que pode ser apreciada a qualquer hora do dia ou no período noturno. José Menendez, turista mexicano conhecendo o Pantanal se surpreendeu com a vitrine.

 

“São fantasias muito belas, que mostram como o Carnaval é valorizado aqui em Corumbá. Realmente é uma exposição bem bonita”, afirmou o turista, que esteve no local nessa quinta-feira, 25 de janeiro.  (Assessoria de Comunicação PMC)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Marido bate na esposa, faz ameaças de morte, é flagrado pela mãe e acaba 'em cana'
Gazin doa 120 colchões para Prefeitura atender famílias afetadas pelas chuvas
'Doidão': motociclista alega estar drogado após manobra perigosa em Campo Grande
1º médico a ser vacinado em MS, Milton diz que vacina é esperança para fim do sofrimento
Cerest realiza ações em unidades de saúde visando o Janeiro Branco
Bolsonaro insiste na cloroquina, mesmo depois da Anvisa negar eficácia do remédio
Prefeitura atende 8 famílias com colchões e cestas básicas
Vacinada, técnica lembra que marido morto pela Covid pediu para ela não desistir da profissão
Em dia histórico para MS, quatro são vacinados contra a covid no Hospital Regional
Prefeitos já se planejam para vacinação nas aldeias e elogiam ações do Estado no combate à pandemia