Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742

Queimadas: Secretaria Nacional de Defesa Civil reconhece situação de emergência em Corumbá

06 agosto 2020 - 11h00Por Assessoria de Imprensa

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, órgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Regional, reconheceu situação de emergência em Corumbá em razão dos incêndios florestais que atingem a região. A Portaria nº 2.127, de 05 de agosto de 2020, publicada no Diário Oficial da União de hoje, dia 06, também estendeu a medida ao município de Ladário.

Corumbá totaliza 3.179 focos de queimadas ao longo de todo este ano, informa o monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O município segue liderando o ranking de queimadas nacional de focos de incêndios florestais em 2020.

Visando o combate às queimadas no município, e para garantir ações ao longo de todo o ano, o prefeito Marcelo Iunes reestruturou, no começo de julho, o Comitê Municipal de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais no Pantanal de Corumbá. O órgão colegiado é formado por Fundação do Meio Ambiente do Pantanal; Secretaria Municipal de Governo; Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil; Câmara Municipal de Corumbá; Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul); Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama/Prevfogo); Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul; Polícia Militar Ambiental (PMA); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embraba Pantanal) e Sindicato Rural de Corumbá/MS.

Iunes também articulou parceria entre a Prefeitura de Corumbá e Governo do Estado, com apoios do deputado estadual Evander Vendramini e da Câmara Municipal, para viabilizar a mobilização do Governo Federal na destinação de efetivo e equipamentos – inclusive aviões e helicópteros – para ações de controle aos focos de incêndios florestais no Pantanal de Corumbá. Como medida, o governador do estado, Reinaldo Azambuja, declarou estado de emergência ambiental por 180 dias. Equipes do Ministério do Meio Ambiente e das Forças Armadas, juntamente com forças estaduais, atuam na região desde a segunda quinzena de julho.

No último dia 28 de julho, o prefeito se reuniu com os secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar/MS, coronel Joilson Alves do Amaral, e o superintendente do Ibama no estado, coronel Luiz Carlos Marchetti. No encontro foram avaliadas as ações de combate aos focos de queimadas na região realizadas até aquele momento. A Administração Municipal atua de acordo com suas atribuições e segue articulando a execução de ações para garantir a continuidade dos trabalhos de combate às queimadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista é ferido com golpes de facão na cabeça após briga de trânsito
Idoso é encontrado morto com facada no peito
Rapaz se envolve com mulher de preso e acaba ferido a tiros
Domingo de tempo fechado e mais chuva para Mato Grosso do Sul
Mesmo com vacina, comportamento social precisa ser mudado, afirma presidente da Anvisa
Caminhoneiros fazem buzinaço para homenagear colega morto por covid-19
MS passa dos 150 mil contaminados pela covid e tem mais 13 mortos
Grupo organiza carreata 'Fora Bolsonaro' em Campo Grande
Homem incendeia carro por dívida de R$ 50 em Jardim
Com estoque crítico, Hemosul convoca doadores de O- e outros tipos sanguíneos