Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Dados mostram que saúde em Corumbá tem avançado

07 junho 2019 - 14h30Por Assessoria de Comunicação PMC

A Secretaria de Saúde realizou audiência pública, para apresentação do Relatório Detalhado de Quadrimestre Anterior (RDQA) referente ao primeiro quadrimestre de 2019.

 

Foram avaliados cerca de 24 indicadores da Pactuação Interfederativa, dos quais 19 obtiveram resultado positivo, 1 está em avaliação, devido ao tempo de tratamento da hanseníase, e 4 estão em em evolução para atingir a meta estipulada. E 23 indicadores do Plano Municipal de Saúde, 18 foram positivos e 5 estão em avanço. Estes dados são os principais instrumentos que norteiam a gestão pública para atenção à saúde.

 

Cabe ressaltar, a diretriz nº1 do Plano Municipal de Saúde, que é Efetivar e ampliar a atenção básica, a linha de Base é de 82,00%, a meta é de ampliar a cobertura populacional estimada pelas equipes de Atenção Básica para 90% até 2021, no momento Corumbá atinge 79,15%. Mas com inauguração das duas Unidades de Saúde, Bonifácio Tiaen, no conjunto habitacional Padre Ernesto Sassida, e da USB Simone Flores, no bairro Guatós, que estão em fase de finalização a meta será cumprida antes do prazo.

 

Outro indicador que no momento passa por uma situação pontual é a Cobertura populacional estimada de saúde bucal na Atenção Básica, o índice no primeiro trimestre foi de 68,50%, quando deveria ser de 76,6%, o fato se deve a diminuição do atendimento em virtude da reforma de algumas Unidades, que possuem previsão de serem entregas ainda este ano, fato que irá retomar o índice.

 

Destaca-se, que no primeiro quadrimestre de 2019, não houve registro de casos novos de Aids em menores de 5 anos. Na saúde da mulher as metas das pactuações foram alcançadas, tanto na taxa de realização exames de câncer de colo do útero em mulheres de 25 a 64 anos, e na realização de exames de mamografia.

 

Corumbá também está a baixo do índice no número de gravidez da adolescência, entre 9 a 19 anos, o índice de referência é de 19,87% do total de grávidas, e o município conta com 9,83% no primeiro quadrimestre, porém este é um número que deve ser diminuído.

 

Cabe ressaltar, do primeiro quadrimestre, a realização do Fórum Corumbaense de Prevenção da Gravidez na Adolescência, da Conferência Municipal de Saúde, do Festival CEREST, o apoio ao Programa Povo das Águas, da participação no 6º Congresso de Secretarias Saúde de MS, capacitação os médicos sobre saúde da mulher e dengue, além da intensificação de diversas ações em combate a dengue.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa
Governo já investiu R$ 4,6 bilhões em infraestrutura desde 2015 e segue com agenda de obras até o final de 2022
Mais de 1,2 mil privados de liberdade realizam o Enem Prisional nesta semana em MS
Sede do Detran-MS passará por reforma a partir desta terça-feira
Sedhast lança Resolução de programa que concede benefício social para acadêmico indígena