Menu
Busca sábado, 27 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Concursos de Quadrilhas Juninas e de Andores encerram inscrições hoje

17 junho 2019 - 14h30Por Assessoria de Comunicação PMC

Terminam hoje, 17 de junho, as inscrições para os concursos de Quadrilhas Juninas e de Andores. Os eventos fazem parte do tradicional Arraial do Banho de São João e acontecem nos dias 21 e 22 de junho no Porto Geral de Corumbá. Os editais dos concursos estão disponíveis no DIOCORUMBÁ do dia 27 de maio.

 

Andores

 

O Concurso de Andores tem o objetivo de perpetuar uma das tradições da região pantaneira e, ao mesmo tempo, colocar em evidência o que os devotos possuem de criativo, rico e original em matéria de festejos juninos. Qualquer pessoa, sendo festeira ou não, pode participar do concurso, exceto funcionários da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá ou parentes dos mesmos em até 2º (segundo) grau.

 

O interessado deverá dirigir-se ao Museu Municipal Casa do Dr. Gabi – Espaço de Memória, localizado na rua Cuiabá, 1181 – Centro, das 08h às 11h e das 14h às 17 horas. A inscrição é gratuita. No ato deverão ser entregues os seguintes documentos: ficha de inscrição; RG e CPF; comprovante de conta bancária em nome do responsável pelo andor.

 

Será julgado apenas o andor, portanto as demais instalações e manifestações não serão levadas em consideração. Os jurados atribuirão, para cada quesito julgado, notas em uma escala de 05 a 10. Serão premiados os três primeiros colocados com os respectivos valores: 1º lugar: R$ 1.000,00; 2º lugar: R$ 800,00; e 3º lugar: R$ 500,00.

 

Quadrilhas Juninas

 

Estão aptos a participar quaisquer grupos de quadrilhas da região. Os grupos só poderão ter componentes acima de 14 anos; deverá possuir no mínimo 10 e no máximo de 20 pares; e o responsável pelo grupo deverá, obrigatoriamente, ter idade acima de 18 anos.

 

O edital estabelece que são consideradas quadrilhas juninas todas as entidades ou grupos que se apresentem de acordo com os costumes juninos regionais, observadas a originalidade e a tradição nas quadrilhas tradicionais, bem como a releitura e adaptação das formas matutas nas quadrilhas estilizadas, mantidas as tradições culturais regionais, como também será observada a manifestação cômica.

 

Os interessados deverão dirigir-se ao Museu Municipal Casa do Dr. Gabi – Espaço de Memória, rua Cuiabá, 1181 – Centro, das 08h às 11h e 14h às 17 horas. No ato da inscrição, deverão ser entregues os seguintes documentos:

 

Ficha de inscrição (poderá ser preenchida à mão, sem rasuras e com letra legível, ou digitada); cópia de RG e CPF; comprovante de conta bancária em nome do responsável pelo grupo; comprovante atualizado de residência do responsável pelo grupo; um histórico contendo informações sobre o grupo e seu coreógrafo, e a descrição da apresentação que será executada durante o concurso; dois CDs e outra mídia (pen drive) gravados com a música que fará parte da coreografia.

 

A dança deve apresentar uma coreografia que preserve temas da cultura junina, sendo julgados os seguintes quesitos: quadrilha: Coreografia, Evolução, Harmonia, Animação, Originalidade e Musicalidade; caracterização: traje típico junino; marcador: Liderança, Animação e Figurino; noiva e noivo: Interpretação, Animação, Simpatia e Figurino. Serão premiados os três primeiros colocados com os respectivos valores: 1º lugar: R$ 900,00; 2º lugar: R$ 700,00; e 3º lugar: R$ 400,00.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher some com festa inteira e rouba até pula-pula em Campo Grande
Homem briga com desconhecidos e acaba baleado em Ladário
Idoso é colocado em porta-malas e amarrado em poste por ladrões em Campo Grande
Cara de pau: ladrão rouba moto, mas abandona veículo por falta de gasolina
Malandragem no ar: casal que levava vida luxo é preso por sequestro de mulher
MS registra mais 23 óbitos e 914 infectados pela covid-19
Homem é brutalmente assassinado e tem mãos decepadas em Paranhos
Motoristas de aplicativo paralisam atividades dia 17 de março e imploram por melhorias
Morre menina que teve corpo queimado enquanto fazia bife na chapa Fato ocorreu no dia 14 deste mês, em Maracaju
Morre enfermeira bolsonarista que recusou vacina e teve reinfecção de covid