Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99820-0742

Professor acusado de abusar de afilhada e irmã é preso em Aquidauana

23 janeiro 2021 - 12h00Por Top Midia News

Professor de geografia e ex-dirigente partidário, de 55 anos, foi preso na noite desta sexta-feira (22), por policiais da Delegacia da Mulher, em Aquidauana. Ele é investigado por abusar da própria afilhada e da irmã dela, quando estas eram crianças. 

A prisão se deu em razão mandado expedido pela Justiça, depois de pedido da Polícia Civil local. O suspeito estava na residência dele e não resistiu à abordagem da polícia. 

Segundo o JNE, o pedido de prisão feito pela polícia foi embasado nas provas colhidas até o momento, em especial nos laudos de exame de conjunção carnal e relatório de atendimento psicológico das vítimas. 

Os crimes do professor e dirigente partidário vieram à tona quando a vítima, que hoje mora em Campo Grande, foi passar um final de semana na casa da mãe, em Aquidauana. Lá, ela voltou a encontrar o criminoso que é amigo de confiança e de longa data da família. Ela teve uma crise de pânico e a amiga dela resolveu contar o segredo para a mãe. 

Segundo as denúncias, os abusos começaram quando ela tinha 8 anos. Em razão dos ataques, a vítima sofreu depressão, teve crises e tentou suicídio por várias vezes. Nessas ocasiões, diz ela, quem a levava para o hospital era justamente o agressor, tamanha a confiança que a família depositava nele. 

A garota abusada detalhou que chegou a se masculinizar, na tentativa que o agressor perdesse o desejo por ela, mas isso não teria adiantado. 

A irmã da vítima, que tem 15 anos, também revelou ter sido abusada. 

Mais vítimas 

Após o caso vir à tona, outra acusação foi registrada na delegacia, onde a filha de um amigo de Florêncio, atualmente com 38 anos, relatou ter sido estuprada pelo professor há 24 anos, quando tinha 16 anos, em uma viagem para a praia, que Florêncio organizou com um grupo de amigos.

Todos os casos são investigados. O professor foi expulso do Partido dos Trabalhadores de Aquidauana e desligado de outras funções públicas que ocupava. 

 

 

 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá conta com novo método de prevenção à infecção pelo HIV
Bradesco atendeu 227 servidores no primeiro dia agendamento para abertura de contas
Prefeitura promove campanha “A alegria da pesca voltou a Corumbá”
Comissão Intergestores Bipartite da assistência social realiza primeira reunião do ano nesta quinta-feira
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa
Governo já investiu R$ 4,6 bilhões em infraestrutura desde 2015 e segue com agenda de obras até o final de 2022
Mais de 1,2 mil privados de liberdade realizam o Enem Prisional nesta semana em MS
Sede do Detran-MS passará por reforma a partir desta terça-feira
Sedhast lança Resolução de programa que concede benefício social para acadêmico indígena