Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99820-0742
maticula

Japão pode proibir veículos a gasolina em meados da década de 2030

03 dezembro 2020 - 18h00Por Agencia Brasil

O Japão pode proibir a venda de veículos novos movidos a gasolina em meados da década de 2030 para privilegiar veículos híbridos ou elétricos, informou a emissora pública NHK nesta quinta-feira (3), alinhando-se a outros países e regiões que estão impondo restrições a veículos dependentes de combustíveis fósseis.

A medida viria na esteira da promessa feita em outubro pelo primeiro-ministro, Yoshihide Suga, de fazer o Japão zerar a emissão de carbono até 2050 e tornar o país a segunda nação do G7, em pouco mais de duas semana, a estabelecer um prazo para eliminar gradualmente os veículos a gasolina.

O Ministério da Indústria japonês delineará um plano até o final do ano, disse o porta-voz chefe do governo, Katsunobu Kato, em entrevista coletiva hoje.

A probabilidade de intervenções estatais para reduzir as emissões de carbono está fomentando uma corrida tecnológica entre montadoras de veículos para a construção de carros elétricos e híbridos movidos a gasolina e eletricidade, para atrair motoristas à medida que eles trocam seus modelos a gasolina, particularmente nos dois maiores mercados automobilísticos do mundo, a China e os Estados Unidos.

As medidas, já em vigor no Japão, permitem às montadoras locais - especialmente as grandes, como a Toyota Motor Corp, que têm mais recursos para pesquisa e desenvolvimento - usar tecnologia de carros elétricos que já desenvolveram em casa.

No mês passado, o chefe de operações da Nissan Motor Co, Ashwani Gupta, disse à Reuters que sua empresa está disposta a reagir à decisão do Reino Unido, de acelerar uma data de substituição gradual de novos carros e vans a gasolina e diesel em cinco anos, ou para 2030, por isso ser parte de uma tendência global.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agepan realiza Consulta Pública sobre Tarifa de Pedágio na MS-306
Terceiro lote de vacina contra a Covid-19 chega a MS
Rede Hemosul permite que moradores do interior também ajudem a salvar vi
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Presidente da Assembleia assina pedido para assumir Governo até dia 30
Guedes sugere congelar salários do funcionalismo para evitar crise
Desaparecido desde ontem, carro de taxista é encontrado na fronteira de MS
Vacinados, funcionários da saúde usam filtro de jacaré e são advertidos em SP
Véspera do Dia da Padroeira será de ponto facultativo nas repartições de Corumbá
Brasil proíbe entrada de viajantes vindos da África do Sul