Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99820-0742

Há 21 anos, Michele amputou perna após acidente e precisou ressignificar sentido da vida

15 janeiro 2021 - 10h30Por Top Midia News

Há 21 anos, a auxiliar de escritório Michele Dure Insabrald, 39 anos, viu sua vida mudar após acidente de trânsito, no bairro Taveirópolis, em Campo Grande. Ela estava na garupa de uma moto.

“Eu peguei carona, estava indo para casa, a pessoa fez uma curva e olhou pro lado, quando olhamos pra frente, tinha uma caminhonete estacionada, bateu, tentou tirar, mas conseguiu tirar só a perna dele”, relembra. 

“Era uma F-1000, daquelas antigas, puro ferro, caímos e eu desmaiei, acordei com alguns conhecidos próximos, mas não achei que teria que amputar. Foram quase dois meses no hospital”. 

Michele pontua que até hoje sente dificuldade. “Não tem como voltar atrás, temos que seguir em frente, não foi fácil, não é fácil, mas temos que aprender a seguir em frente. Na época tinha 18 anos, não aceitava, o processo de aceitação começou só em 2019”. 

Mãe de dois filhos, Michele tem uma rotina ativa após conseguir a prótese pelo INSS, porém, o equipamento precisa de manutenção constante. 

 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Último dia de fevereiro será de 'fritar
Ex-ministros da Saúde recomendam lockdown para evitar colapso no Brasil
Prefeita de Bella Vista é baleada na frente de casa
Homem capota carro, rasga uniforme de bombeiro e acaba preso em Campo Grande
Bêbado tenta furar bloqueio policial com carro recheado de bebidas no Monte Castelo
Homem é morto após discussão em bar de Ribas do Rio Pardo
Tempo firme, chuvas isoladas e máxima de 35ºC em MS
Tarifa da conta de energia segue bandeira amarela para março
Mãe é empurrada pelo filho após discutir com nora em Campo Grande
Festa com bebida, som alto e gritaria é encerrada no Jardim Tarumã