Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

Corumbá é a cidade com mais gado do Brasil e teve mais queimadas, diz UFMG

21 outubro 2020 - 16h00Por Top Midia News

A teoria do “boi bombeiro”, defendida pela ministra da agricultura Tereza Cristina e ministro do meio ambiente Ricardo Salles, é falha, segundo pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). 

De acordo com os cientistas, os registros apontam que as cidades de Corumbá-MS e Cáceres-MT, que tem o maior número de cabeças de gado do Brasil, são também as que têm mais queimadas.

Em Corumbá são 1.842.470 cabeças de gado e a cidade é a campeã em focos de calor, 54.858 ao todo. Já Cáceres possui 1.096.403 cabeças e contabiliza 18.936 focos de calor. Em contrapartida, a cidade de Rio Negro, que tem 3.602 cabeças de gado, tem 558 focos. Esses dados praticamente fazem a teoria do “Boi Bombeiro” cair por terra. 

A teoria

A teoria do "boi bombeiro" defende que o gado, por comer capim seco e inflamável, poderia funcionar como uma medida preventiva para as queimadas. Ubirajara Oliveira, professor associado da pós-graduação em modelagem ambiental da UFMG, resolveu tirar a prova: as cidades que menos queimam têm mais gado (e vice-versa)?

Segundo o G1, Oliveira faz parte do Centro de Sensoriamento Remoto (CSR) da universidade mineira. Para analisar o quadro, primeiro os cientistas buscaram dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que faz um levantamento do número de cabeças de gado por cidade brasileira – a última atualização tem números de 2018. Os pesquisadores do CSR selecionaram, então, as informações da pecuária nos municípios do Pantanal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Japão pode proibir veículos a gasolina em meados da década de 2030
Acordo estabelece ações de defesa para o consumidor com deficiência
Caixa paga terça-feira abono de declarações da Rais fora do prazo
PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE
PF prende sete investigados da Operação Overload
PRF apreende 104,8 Kg de cloridrato e pasta base de cocaína em Campo Grande (MS)
Operação Residence desarticula traficantes de drogas na Paraíba
Corinthians fica no 0 a 0 com o Fortaleza no Castelão
Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios; Dinheiro esquecido vai para habitação
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero