Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99820-0742

Bolsonaro insiste na cloroquina, mesmo depois da Anvisa negar eficácia do remédio

19 janeiro 2021 - 15h30Por Top Midia News

Apesar dos diretores da Anvisa declararem que não há remédio capaz de prevenir ou combater diretamente a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender, nesta segunda-feira (18), o uso do remédio contra a doença aos brasileiros. 

"Não desisto do tratamento precoce, não desisto. A vacina é para quem não pegou ainda. Essa vacina tem 50% de eficácia, ou seja, se jogar uma moedinha pra cima, é 50% de eficácia", disse o presidente da República a apoiadores, em frente ao Palácio do Alvorada. 

Segundo o R7, a defesa da cloroquina é feita pelo presidente desde que ela foi anunciada, em meados de 2020. Além da cloroquina e hidroxicloroquina, o tratamento precoce, como é chamado por uma pequena quantidade de médicos, incluiu a ivermectina e o antibiótico azitromicina. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Último dia de fevereiro será de 'fritar
Ex-ministros da Saúde recomendam lockdown para evitar colapso no Brasil
Prefeita de Bella Vista é baleada na frente de casa
Homem capota carro, rasga uniforme de bombeiro e acaba preso em Campo Grande
Bêbado tenta furar bloqueio policial com carro recheado de bebidas no Monte Castelo
Homem é morto após discussão em bar de Ribas do Rio Pardo
Tempo firme, chuvas isoladas e máxima de 35ºC em MS
Tarifa da conta de energia segue bandeira amarela para março
Mãe é empurrada pelo filho após discutir com nora em Campo Grande
Festa com bebida, som alto e gritaria é encerrada no Jardim Tarumã