Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99820-0742
Set

Saiba o que é Travalyst, a nova onda que pretende mudar o futuro do turismo

08 novembro 2019 - 11h30Por Da Redação

“Viajar como um catalisador para o bem, transformando o futuro da viagem para todos”. Este é o lema da campanha em defesa do turismo sustentável, lançada em setembro deste ano por gigantes do turismo mundial, a Booking.com, Ctrip, Skyscanner, Visa e TripAdvisor, que chega no mês de novembro já com previsões otimistas de conscientização dos turistas sobre redução de impactos negativos das visitas em áreas de contato com a natureza.

 

A campanha batizada de “Travalyst”, uma junção das palavras “travel” – viagem em inglês – com “catalyst” – catalisador – pretende coibir práticas predatórias dos turistas mundo a fora. A ideia tem tudo a ver com a proteção da principal fonte do turismo em Mato Grosso do Sul, basicamente concentrada em ecoturismo, como parques naturais, rios, áreas de preservação natural, cachoeiras, grutas e cavernas milenares, além da abundante fauna e flora.

Em Bonito, por exemplo, considerado o melhor destino de ecoturismo do Brasil, há regras rígidas vinculadas ao turismo consciente. Para garantir que seja respeitada a lei ambiental, que determina um limite máximo de pessoas por passeio por dia, não há venda de entrada nos locais dos passeios. O voucher é vendido somente em agências de turismo, como forma de controlar o acesso.

Levantamento da Booking.com mostra que 71% dos turistas responderam serem favoráveis às viagens com o perfil de proteção e preservação ambiental. Além da preservação da natureza, outra preocupação da campanha é envolver as comunidades locais de maneira que sejam beneficiadas com parte do que o turista gastar durante sua permanência no destino.

Isso também interessa diretamente ao turismo em Mato Grosso do Sul. Conforme a pesquisa em nível mundial, 68% afirmaram ser importante que o dinheiro gasto nas viagens ajude a melhorar a vida dos moradores.

A estratégia da campanha ainda está sendo elaborada. Deve chegar para a indústria do turismo em 2020 com recomendações sobre o grau de proteção ambiental em cada des

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Queda da economia este ano pode superar 5%, diz Campos Neto
Diego Costa pode ser preso por fraude fiscal na Espanha, dizem procuradores
Preso por matar 2 será indiciado por homicídio qualificado, feminicídio e resistência
TJMS nega habeas corpus a réu da Omertà investigado por morte de estudante
Polícia investiga morte de bebê de seis meses após queda em cidade de MS
Caixa fala sobre a operação de pagamento do auxílio emergencial
Jovens cientistas terão R$ 2,3 milhões para pesquisas
Novo Plano Decenal de Energia trará ajustes por causa da pandemia
Covid-19: Doria anuncia plano de retomada da economia
Contas públicas têm resultado negativo de R$ 94,3 bilhões em abril