Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Destinos nacionais estão em alta entre os viajantes brasileiros

08 junho 2016 - 19h50

Levantamento feito pelo MTur (Ministério do Turismo) revela que o desejo dos brasileiros de conhecer destinos nacionais alcançou o maior índice dos últimos cinco anos. A pesquisa mostra que entre os que planejam viajar nos próximos seis meses, 79,7% o fará dentro do país --5,6 pontos percentuais a mais do que o registrado em igual período de 2015. Na comparação entre os meses de maio de cada ano este foi o quarto crescimento consecutivo.

De acordo com a pesquisa, o resultado deve ser interpretado como a soma de fatores como valorização do dólar em relação ao real e também a visibilidade dos destinos nacionais conquistada pela realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Outra tendência identificada pelo levantamento é o crescimento das viagens de ônibus, que alcançou 17,2% da preferência dos viajantes ante 10,9% registrado em igual período de 2015. Apesar desse crescimento, o avião permanece na primeira colocação, escolhido por 55,6% dos turistas.

A pesquisa Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é um estudo do Ministério do Turismo que mede a intenção de viagem nos próximos seis meses com uma amostra de 2 mil entrevistados em sete capitais: Salvador, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Recife.

Via: Catraca Livre

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
Avó de esposa de Bolsonaro continua internada com coronavírus
MPMS vai investigar denúncias de irregularidades em ‘curso de bombeiro mirim’ em Campo Grande
Proibida de participar de licitação, empresa ganha pregão de R$ 60 milhões com a Sefaz-MS
Presidente da Bolívia testa positivo para covid-19
Duas jovens paulistas são presas em MS com malas recheadas de maconha
OMS manda especialista para investigar origem da Covid-19 na China
Frio começa a ir embora no fim de semana em Mato Grosso do Sul
Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital