Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Barco sustentável movido a energia solar é atração nas águas do Rio Mimoso

09 novembro 2019 - 11h45Por Lado B

Um barco em que o sol é o principal combustível. Em tempos de turismo sustentável, nada poderia ser mais adequado do que reduzir a dependência do uso de combustíveis fósseis e a emissão de poluentes, ainda mais em Bonito, um dos principais cenários de ecoturismo do Brasil, onde há regras rígidas de preservação da natureza.

É o Biguá, a nova atração na Estância Mimosa, distante 25,3 km em relação ao centro de Bonito. Com o nome de uma das aves aquáticas mais avistadas na zona rural do município, o barco de modelo Safari 7.0 M, equipado com duas placas solares adaptadas para tocar o motor elétrico, tem capacidade para 15 pessoas sentadas.

Com motor elétrico, além de silencioso, o barco não polui o ar nem a água do rio, pois não gera resíduos de combustível. Thyago Sabino, gerente da Estância Mimosa, disse que a aquisição do barco é uma importante inovação, especialmente em um estado que tem o turismo de natureza como carro-chefe.

“O Biguá concilia modernidade, tecnologia sustentável e vai ao encontro com o que desejamos oferecer: a experiência de integração na natureza com equipamentos modernos, seguros e confortáveis para nossos visitantes”, afirmou Thyago Sabino.

Ao mesmo tempo em que o barco consome energia, ele é abastecido, afinal o sol está sempre presente no céu sul-mato-grossense, e o passeio sustentável percorre um trecho de 500 metros pelo Rio Mimoso, passando por cenários deslumbrantes de cachoeiras, mirantes e morros.

“O passeio ficou ainda mais interessante por se preocupar com a questão da sustentabilidade. O barco quase não faz barulho, e isso tem tudo a ver com o local em que é utilizado”, declarou Iasmin Terena, profissional de turismo em Bonito, depois de conhecer o barco.

Breno Teixeira, do VisitBonito, guia online dos atrativos de Bonito, também fez o passeio. “O barco é tão silencioso, que o passeio se torna uma excelente oportunidade para o turista se conectar com a natureza e aproveitar ainda mais as belezas à sua frente, incluindo uma mata ciliar linda”, comentou.

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

EUA tem mais uma noite de protestos violentos com toque de recolher
Equipe do Corpo de Bombeiros resgata homem de 46 anos em área rural
Caminhoneiro de 61 anos é a 7ª vítima fatal do coronavírus em Campo Grande
Justiça suspende prazo para guardas municipais apresentarem laudo exigido para portar armas
Risco para o coronavírus: hipertensão, obesidade e diabetes cresce no Brasil
Motorista de aplicativo passa o dia parado no mesmo local e é achado morto
Corpo achado debaixo de ponte é de indígena desaparecido em Dourados
Mulher de policial que matou homem negro nos EUA pede divórcio
Mulher morre após ter carro lançado contra árvore na Gury Marques
Nota de esclarecimento - Falecimento boliviano