Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Balneário gratuito tem quadras, pesca, camping e local para barcos em MS

17 fevereiro 2017 - 15h38

Uma área de lazer com quadras de esporte, espaço para acampamento, shows, estacionamento, plataforma para contemplação, pesca, ancoragem de pequenas embarcações, areia às margens do Rio Paraná, e o melhor: de graça.

Tudo isso tem no Balneário Municipal de Anaurilândia, que fica a 12 quilômetros da cidade, na região leste de Mato Grosso do Sul, a 367 quilômetros de Campo Grande. O local recebe até duas mil pessoas aos finais de semana. É uma ótima opção para quem quer curtir a natureza, tomar banho de rio, praticar atividades físicas ou só relaxar sem ter gastos.

O local é de fácil acesso. Quem sai de Anaurilândia pela BR-276, com destino a Batayporã logo vê a placa de sinalização à esquerda. É só seguir reto pela estrada de terra até chegar ao destino. Na entrada do Balneário tem uma guarita para identificação dos visitantes.

O espaço conta ainda com restaurantes e 16 quiosques com churrasqueiras. Para utilizá-los  é cobrado uma taxa de R$ 50. O telefone para reservas é (67) 99988-2755.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Elizeu Gonçalves Muchon conta que o local passou por revitalização recentemente e recebe visitantes de várias cidades de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. “O lugar é lindo e queremos melhorar ainda mais, temos muitos projetos, porque o turismo é uma das mais importantes gerações de renda,” explica Elizeu.  (G1 MS)

Área de lazer recebe até 2 mil visitantes aos finais de semana (Foto: Prefitura de Anaurilândia/Divulgação)

Deixe seu Comentário

Leia Também

França eleva nível de ameaça à segurança para patamar mais alto
PMA aumenta fiscalização contra pesca ilegal e tráfico de animais
Inflação dos aluguéis fica em 3,23% em outubro, diz FGV
Operação mobiliza 20 mil policiais, Exército e Marinha contra crime organizado em MS, MG, SP e PR
Alex Telles, do Manchester United, testa positivo para covid-19
Menina de 4 anos é atingida por raio e morre no RJ
Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WathsApp
Idosa morre depois de transferência do Hospital de Bonsucesso, no Rio
Covid-19 pressiona Reino Unido a seguir lockdowns de França e Alemanha
Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia