Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Samsung diz que baterias causaram incêndios do Galaxy Note 7

23 janeiro 2017 - 18h16

Em nota divulgada na madrugada de hoje (23), a Samsung Electronics informou que as explosões e os incêndios registrados com o aparelho celular Galaxy Note 7 foram causados pelas baterias. A informação é da Agência Ansa.

"A nossa investigação, assim como as outras feitas por três organizações industriais independentes, concluíram que as baterias são a origem dos incidentes no Note 7. Todavia, nós definimos aos produtores os requisitos que elas deveriam ter e assumimos a responsabilidade do insucesso", afirmou a empresa na nota, assinada pelo chefe da Divisão de Smartphones, Koh Dong-jin.
De acordo com a Samsung, os problemas foram causados pelo "design e produção" das baterias. Os cerca de 700 especialistas, engenheiros e pesquisadores analisaram "réplicas do incidente" em mais de 200 mil equipamentos e 30 mil baterias.

A Samsung garantiu que os novos testes, além de descobrir as falhas, permitiram que esses erros "não ocorram mais no futuro".

Ainda no comunicado, a empresa sul-coreana informou que os danos causados pelo recolhimento de mais de 2,5 milhões de aparelhos do mercado ficaram em US$ 5,3 milhões e que agora a marca tentará "recuperar a confiança" dos clientes.

Os aparelhos Galaxy Note 7 tiveram uma série de incidentes relatados durante todo o ano passado, com explosões de equipamentos e incêndios enquanto estavam ligados. Por precaução, as autoridades norte-americanas chegaram a proibir que esse equipamento fosse levado por passageiros em voos comerciais. (Agência Brasil)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU
Senado: sessão semipresencial sabatina e aprova novos embaixadores
Poluição causada por ônibus cai mais de 50% durante a pandemia em SP
Vila Nova derrota Imperatriz pela Série C do Campeonato Brasileiro
Covid-19: Inglaterra fechará bares e restaurantes às 22h
Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de tráfico no Rio
Fed explicará ao Congresso dos EUA ações contra a pandemia
Pesquisa diz que rio Tietê tem 150 km de água imprópria para uso
Rússia registrará segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro
Caixa paga auxílio residual para beneficiários do Bolsa Família