Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Indígenas de MS vão a Brasília denunciar violência

09 outubro 2015 - 00h54

Valdelice Veron, liderança indígena Guarani Kaiowá, fez um apelo ontem (07), à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, em audiência pública que discutiu os conflitos entre indígenas e proprietários de terras de Mato Grosso do Sul. Os indígenas denunciaram os constantes ataque por parte de fazendeiros, da polícia e de políticos locais. A demarcação de terras é uma das principais questões que levam ao conflito no campo.

Valdelice afirmou que as terras indígenas não são reservas criadas pelo extinto serviço de proteção ao índio o que faz com que se sintam presos a um confinamento, onde são subjulgados por latifundiários do estado. Apesar de terem sido convidados ao debate, representantes do setor produtivo e do governo do Mato Grosso do Sul não compareceram.


Karla Martins

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Após brigas, dois são feridos com armas em Corumbá
Preso homem que colocou fogo em ônibus e caminhonete em MS
Após matar bebê afogado, pai ligou para ex em Aquidauana e inventou sequestro
Seis municípios do MS reintegram Mapa do Turismo Brasileiro do Mtur
Na Telona: ‘Rambo’ e o retorno de Stallone é a principal estreia da semana
Corumbá
Câmara realiza pregão presencial para criação de seu arquivo digital
Campo Grande
Prefeitura autoriza abertura de concurso para a Guarda Civil Metropolitana
Corumbá
Na Câmara, vereador pede ampliação dos sistemas de telefonia e Internet na cidade
'Mendigata' aos 17 anos, Evelyn ganha dia de princesa e transformação total
São Gabriel do Oeste
Ponte desaba durante travessia de caminhão e motorista fica ferido