Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Saúde investiga mais uma suspeita de sarampo em menina de 8 anos

13 setembro 2019 - 08h30Por MidiaMax

A Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, informou nesta quinta-feira (12) estar investigando um caso suspeito de sarampo em uma menina de oito anos.

De acordo com o Diário Corumbaense, a criança esteve recentemente em Campo Grande quando apresentou sintomas de sarampo. Amostra de sangue para exame comprobatório oi encaminhada para o Laboratório Central da Saúde Pública, na Capital e a previsão de resultado é até a próxima segunda-feira (16).

A paciente já teria recebido a dose da vacina e passa bem. A família está recebendo apoio multiprofissional do município e técnicos da pasta realizarão o bloqueio vacinal na escola em que a menina estuda.

Em Mato Grosso do Sul já foram notificadas 42 suspeitas da doença, dessas 30 foram descartadas e além do caso de Corumbá, nove seguem em investigação, desses quatro em Campo Grande – um homem de 59 anos, um menino e uma menina de 11 anos e uma criança de 3 anos. Em Água Clara uma adolescente de 13 anos, em Alcinópolis uma bebê de três meses.

 

Além de um bebê de 8 meses em Aparecida do Taboado, um rapaz de 20 anos em uma aldeia de Aquidauana e um menino de 1 ano em Dourados.

 

Casos confirmados

Mato Grosso do Sul já tem dois casos confirmados de sarampo. Um deles em um bebê de 10 meses de Campo Grande, que contraiu a doença quando esteve em São Paulo, estado onde se concentra o maior número de casos no país.

E o outro caso foi confirmado no município de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, em um homem de 52 anos que esteve em Jundiaí, interior de São Paulo, onde apresentou os primeiros sintomas da doença.

Vale lembrar que, as vacinas estão disponíveis para a imunização em todas as unidades básicas de saúde e de saúde da família para os que estão dentro da faixa etária recomendada pelo Ministério da Saúde.

A SES-MS, reforçou também a importância de vacinar (dose zero) as crianças de 6 a 11 meses e 29 dias com uma dose de sarampo, e que todas as pessoas de 1 anos a 29 anos devem ter 2 doses de vacina é de 30 a 49 anos com uma dose. Além de caso se apresentem os sintomas como febre com exantema, coriza, tosse ou conjuntivite é preciso procurar atendimento médico imediatamente.

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Bolsonaro tem alta e deixa hospital em São Paulo
WWF-Brasil lança concurso de fotografia para destacar as belezas naturais do Pantanal e da bacia do Alto Paraguai
Violência por dizer “não” ao ex-namorado fez Ana largar tudo e sair pelo mundo
Dica da semana: "O Homem que Viu o Infinito"
MS registrou 2.070 focos de calor em setembro, segundo dados do Inpe
Em 12 horas, queimadas destruíram 200 hectares em Bodoquena
Sem poder doar medula para Calebe, mãe quer alguém compatível para livrar seu filho da leucemia
Mato Grosso do Sul é o segundo no País com mais abates de bovinos
Homem leva mordida de cão, exige desculpas do vizinho e denuncia crime em MS: 'Coloca vinagre que é bom'
Marido quer que mulher aborte bebê só porque é uma menina