Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Repasses do Governo do Estado à Santa Casa da Capital neste ano totalizam R$ 31,8 milhões

07 novembro 2019 - 16h45Por Portal Governo do Estado MS

O Governo do Estado efetuou, nesta quarta-feira (6.11), repasses que somam R$ 5.130.000,00 para a Santa Casa de Campo Grande. Os recursos foram depositados no Fundo Municipal de Saúde, possibilitando ao Município fazer a transferência financeira à instituição hospitalar. Com isso, as transferências dos cofres estaduais para a unidade mantida pela Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG), desde janeiro último, somam R$ 31.828.093,21.

Segundo Geraldo Resende, secretário de Estado de Saúde, houve atraso de poucos dias no repasse estadual à Santa Casa de Campo Grande devido ao fluxo de caixa dos cofres estaduais. “É uma determinação do governador Reinaldo Azambuja que façamos todos os esforços para manter a regularidade dos repasses e isso tem sido feito”, salienta.

“Conforme as pactuações feitas entre a Santa Casa, o Município, o Estado e a União, estamos colocando em dia a nossa parcela de responsabilidade. Esperamos que a instituição, que exerce um papel de fundamental importância para a saúde da Capital e do Estado, possa continuar oferecendo serviços de qualidade à população”, salienta Geraldo Resende.

Regionalização

Colocar em dia os repasses aos municípios e instituições hospitalares, diz o secretário Geraldo Resende, faz parte de uma estratégia que envolve hospitais de todo o Estado. “Queremos oferecer todas as condições para que essas instituições mantenham a normalidade dos serviços prestados à população. Para tanto, precisam pagar em dia também os fornecedores e salários de profissionais como médicos, enfermeiros e outros”, afirmou o secretário.

O Governo do Estado também trabalha na vertente da regionalização, cujo propósito é definir as competências das unidades hospitalares em todas as regiões do Estado, a fim de que os cidadãos possam ser atendidos o mais próximo possível de suas residências. Desta forma, será possível diminuir as filas de procedimentos como consultas, cirurgias e exames.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cantora gospel morre de Covid-19 e deixa marido infectado
“É desesperador, estou pagando as parcelas ainda”, diz trabalhador ao ver carro pegando fogo
Santa Casa de Corumbá recebe recursos do Ministério da Saúde para ações de controle ao Covid-19
Muambeiro é preso com mercadoria do Paraguai em hotel
Por gasolina a R$ 2,50 o litro, douradenses enfrentam frio e fila que começou às 3h
Espanha reabrirá fronteiras terrestres com Portugal e França neste mês
José de Abreu é desligado da Globo após 40 anos
Preso de 43 anos é suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann em 2007
Caixa libera hoje saque da 2ª parcela dos R$ 600 para nascidos em maio
Falha no sistema teria atrasado pagamento para quem teve salário reduzido durante pandemia