Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Prefeitura vai ampliar distribuição de remédios na parte alta da cidade

01 abril 2017 - 14h08Por Assessoria de Comunicação PMC

Para facilitar o acesso da população residente na parte alta de Corumbá aos medicamentos disponíveis na Rede Pública de Saúde, a Prefeitura de Corumbá vai ampliar o funcionamento da farmácia da UPA 24 horas, no bairro Guató. O local, que desde a inauguração funciona apenas no período noturno, fiará aberto também durante a manhã a partir do dia 10 de abril.

 

Conforme esclareceu o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite, um processo licitatório já está em fase de finalização para compra de mais medicamentos. “Em janeiro, o almoxarifado nos foi entregue com um problema em relação a medicação. Por exemplo, com relação aos hipertensos, estávamos sem os chamados diuréticos. Isso não foi comprado na última licitação e já estava com pouca quantidade e tivemos agora que fazer processo de licitação para aquisição dessa medicação”, afirmou.

 

“Temos também os casos do hipoglicemiantes, que foram comprados 3 milhões de unidade e no Município só usamos 1 milhão. Ou seja, foi comprado muito mais, o que demonstra que não foi feito, por parte da gestão anterior, um planejamento de abastecimento dessa farmácia para que não ficasse desabastecida”, completou o secretário municipal de Saúde.

 

Outros postos

 

A população também pode buscar medicamentos na Farmácia Central, localizada no Complexo da Saúde, na rua América, entre a Tiradentes e a Ladário. A unidade funciona das 7h às 19 horas, de segunda a sexta-feira. Das 19h às 7 horas, a distribuição é feita no Pronto Socorro Municipal, que nos sábados, domingos e feirados funciona 24 horas.

 

“A partir de abril vamos estender também o funcionamento da farmácia da UPA para que a população da parte alta da cidade consiga pegar essa medicação sem descer ao Centro. É mais uma conquista da gestão do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, dando atenção ao munícipe que precisa, que estás com dificuldade de locomoção”, finalizou Rogério Leite.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia
Ocupação de UTIs tem risco baixo em 17 estados e crítico no Rio e GO
Focos de calor no Tocantins seguem padrão do clima, diz Defesa Civil
SP fecha último hospital de campanha para tratamento de covid-19
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
SP subsidia compra de computador para professor da rede estadual
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
São Paulo anuncia ampliação de testes da fase 3 da vacina CoronaVac
Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia
Polícia do Rio desarticula grupo que aplicava golpe da casa própria