Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Prefeitura de Ladário atende voluntárias e doa escovas de dente para ação do NAsH

18 janeiro 2017 - 12h29

A Prefeitura Municipal de Ladário, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, doou nesta terça feira (17), 250 escovas de dentes que serão entregues para moradores da região ribeirinha. O Navio de Assistência Hospitalar, Tenente Maximiano (NAsH), vai sair do Porto da Flotilha, em Ladário, para atender os moradores pantaneiros que vivem isolados dentro da maior planície inundável do mundo.

A ação atende solicitação do Departamento Voluntárias Cisne Branco, entidade composta por esposas de militares do 6º Distrito Naval de Ladário. “Nós recebemos esse pedido do pessoal do Barcas do Saber, um projeto que incentiva a leitura entre os povos ribeirinhos do Pantanal”, explicou a secretária Andressa Paraquett, de Assistência Social. O Barcas do Saber, é um projeto que faz doação de livros e irá complementar o trabalho, com as escovas de dentes.

“É muito importante nós termos essas parcerias para atendermos da melhor forma possível a população ribeirinha”, disse o capitão Bruno Ferreira, comandante do NAsH. “O navio de assistência hospitalar sai com as equipes para fazer o atendimento médico e odontológico. Esse material a mais, serve para incrementar a qualidade de nosso atendimento”, complementou, ao enfatizar que espera manter essas parcerias que formam um vínculo muito forte entre a Prefeitura e a Marinha.

As escovas vão servir para a prevenção tanto com as crianças, como com os adultos, explicou Andressa. “Desde a sua posse, o prefeito Carlos Ruso se colocou à disposição da Marinha para melhoria da prestação de serviço”, disse ela ao adiantar que, a prefeitura, através da Assistência Social e da secretaria de Saúde, já fizeram um levantamento junto ao NAsH, para também atuar nas próximas ações, não só com doações, mas agregando equipes que irão acompanhar as viagens.

O NAsH tem hoje 23 tripulantes, além da equipe médica que faz parte do quadro do Hospital Naval de Ladário. Normalmente vão, em cada viagem, dois médicos e dois dentistas, mas de acordo com as necessidades de cada ação, essa equipe pode ser maior. “A gente atende a população ribeirinha do rio Paraguai nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosos do Sul”, disse Bruno Ferreira.

A próxima viagem do NAsH começará no dia 20 de janeiro. O retorno do navio está previsto apenas 24 de fevereiro. Durante mais de um mês os marinheiros estarão levando melhorias de saúde para o povo pantaneiro que vive em regiões isoladas, distantes da região urbana e do acesso a médicos e dentistas.

O NAsH vai, nesta viagem, até Cáceres e Santo Antônio do Leverger, ambas cidades do Mato Grosso. Além de Ladário, as outras prefeituras de cidades ribeirinhas, como Corumbá, também são parceiras nesse atendimento. Em algumas ações, são levados assistentes sociais que tratam da documentação e cadastramento das famílias nos programas sociais do governo. (Assessoria de Comunicação e Imprensa – PML)

Deixe seu Comentário

Leia Também

França eleva nível de ameaça à segurança para patamar mais alto
PMA aumenta fiscalização contra pesca ilegal e tráfico de animais
Inflação dos aluguéis fica em 3,23% em outubro, diz FGV
Operação mobiliza 20 mil policiais, Exército e Marinha contra crime organizado em MS, MG, SP e PR
Alex Telles, do Manchester United, testa positivo para covid-19
Menina de 4 anos é atingida por raio e morre no RJ
Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WathsApp
Idosa morre depois de transferência do Hospital de Bonsucesso, no Rio
Covid-19 pressiona Reino Unido a seguir lockdowns de França e Alemanha
Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia